Apucarana

Latrocida usa peruca para fugir do minipresídio de Apucarana

Da Redação ·
Crédito da foto: Polícia Civil
fonte:
Crédito da foto: Polícia Civil

Um latrocida fugiu tranquilamente do minipresídio de Apucarana pela porta da frente, após se disfarçar de mulher usando peruca morena na quinta-feira (5), no dia de visitas aos detentos.

De acordo com a polícia, o latrocida Alexandro Alves dos Santos, o Rato", de 32 anos, que matou um comerciante durante roubo no Mercado Sábia, no Residencial Sabiá, usou o disfarce para de mulher ganhar a liberdade forçada e a fuga só foi percebida por volta das 20h30 de sexta-feira, após a recontagem dos presos. 

A pergunta feita por muitos apucaranenses é: como a peruca foi parar dentro da cadeia e como o disfarce do preso não foi percebido?

A Polícia Civil abriu um procedimento administrativo para apurar mais detalhes sobre a fuga de Rato.

O latrocínio - Ele matou a tiros o comerciante Názio Vaz de Vieira, de 47 anos. O crime ocorreu no dia 29 de dezembro de 2011 ano na Rua Denhei Kanashiro, no residencial Sabiá (zona leste de Apucarana). O comerciante levou um tiro na nuca durante assalto e morreu horas depois no Hospital da Procidência. Um filho de Vaz presenciou o assassinato do pai.

continua após publicidade