Apucarana

Polêmica do transporte coletivo ainda continua em Apucarana

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Polêmica do transporte coletivo ainda continua em Apucarana
Polêmica do transporte coletivo ainda continua em Apucarana

O transporte público coletivo de Apucarana é motivo de polêmica há vários anos. O serviço é realizado desde a década de 70 pela Viação Apucarana Ltda. (VAL), que opera através de concessão. Discussões sobre uma licitação existem na esfera política desde 2005. Um edital está sendo elaborado atualmente e deve ser publicado até o final deste ano. Enquanto isso, os vereadores se reunirão com a direção da empresa para cobrar investimentos na frota e no serviço oferecidos.

continua após publicidade


O presidente da Câmara de Vereadores de Apucarana, José Airton de Araújo, o Deco (PR), afirma que a direção da VAL irá se reunir com os parlamentares na próxima segunda-feira (09), às 10 horas da manhã, na própria Casa de Leis.


“Nossa expectativa é de que a empresa dê respostas sobre os investimentos feitos. A situação do transporte público na cidade é complicada, pois muitos precisam desse serviço e ele deve ser oferecido com qualidade”, afirma Deco.

continua após publicidade


O vereador reclama do estado em que se encontra a frota atualmente. “É preciso que se invista mais. Os ônibus andam sempre muito lotados, e a tarifa em Apucarana é uma das mais caras do Paraná. A empresa precisa dar uma satisfação ao usuário”, diz Deco.
Ele ainda lembrou de um projeto de lei que proibe a dupla função de motoristas de ônibus em Apucarana. “Mesmo com a aprovação dessa lei, ainda existem motoristas que acumulam a função de cobrador nos ônibus”.


A direção da VAL foi procurada pela reportagem da Tribuna e prometeu retornar as ligações. No entanto, até o final dessa edição, a empresa não havia entrado em contato com a reportagem.


EDITAL DE LICITAÇÃO

continua após publicidade


A licitação do transporte público é outra questão sempre debatida. De acordo com o vice-prefeito, secretário de Obras e diretor do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan), Júnior da Femac (PDT), o edital para a licitação está sendo elaborado.
“Estamos em processo de coleta de dados, fazendo um levantamento operacional e financeiro. Queremos realizar uma licitação sem os problemas que aconteceram no passado, que inclusive fizeram o processo ser cancelado”, diz.


Segundo ele, a nova licitação deverá ser aberta até o fim deste ano. “Estamos trabalhando com esse prazo. A licitação irá compreender todo o serviço de transporte, desde frota até pontos de ônibus e logística do terminal na área destinada aos passageiros”, destaca.


Aproximadamente 30 mil pessoas passam diariamente pelo terminal urbano de Apucarana. O local deve, em breve, receber melhorias na fachada e na área comercial, no valor de R$ 500 mil. A verba é do Governo Federal.

continua após publicidade

Arte: Will Leite