Apucarana

“Justiça no Bairro” promove união de 79 casais

Da Redação ·
O ponto alto do mutirão foi o casamento coletivo, realizado no ginásio do Sesc e que promoveu 79 uniões matrimoniais (Foto - Profeta)
fonte:
O ponto alto do mutirão foi o casamento coletivo, realizado no ginásio do Sesc e que promoveu 79 uniões matrimoniais (Foto - Profeta)

Centenas de pessoas passaram neste final de semana pelo Centro da Juventude e Escola Municipal Karel Kober, ambos localizados no Jardim Diamantina, onde ocorreu o mutirão de atendimento do Programa “Justiça no Bairro”. Promovido pelo Sistema Fecomércio e o Poder Judicionário, com o apoio da Prefeitura de Apucarana, o evento ofereceu diversos serviços ao cidadão.  

O ponto alto do mutirão foi o casamento coletivo, realizado no ginásio do Sesc e que promoveu 79 uniões matrimoniais. “Foi um momento maravilhoso. Quero parabenizar os casais que participaram desta emocionante cerimônia e que Deus abençoe a todos”, afirma o prefeito Beto Preto, que foi o padrinho do casamento coletivo, junto com a primeira-dama Adriana Gonçalves.
 

continua após publicidade
confira também



A Prefeitura de Apucarana – por intermédio dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) - realizou a mobilização social de casais interessados em formalizar a união. A equipe social do município também esteve participando nos dois dias do evento, prestando toda a assessoria necessária ao público que procurou os diversos serviços e às instituições envolvidas.

Além do casamento coletivo, o “Justiça no Bairro” ofereceu ao cidadão a possibilidade de formalizar processos de divórcio, alimentos, guarda e responsabilidade, lavratura de assento de nascimento, reconhecimento de paternidade e de maternidade, reconhecimento de união estável ou dissolução, DNA, retificação de registro civil e interdição judicial, conciliação por meio de audiências prévias em inúmeras áreas do direito, bem como audiências de conciliação de processos em trâmite e atendimento à demanda reprimida com a presença das partes envolvidas e a imediata solução, além de confecção de documentos ( carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho,entre outros).

Institucionalmente, o Programa Justiça no Bairro é uma ação do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), Ministério Público do Paraná (MPPR), Fecomércio PR (Sesc, Senac, IFPD), com apoio das prefeituras, Associação dos Magistrados do Paraná (AMAPA), cartórios de registro civil e Instituto Curitiba de Informática (ICI).