Apucarana

Cresce número de CNHs suspensas em Apucarana e Arapongas

Da Redação ·

O número de Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) suspensas em Apucarana, Arapongas e Faxinal cresceu no primeiro semestre de 2013 em relação ao mesmo período do ano passado. Já nos municípios de Ivaiporã e Jandaia do Sul, houve uma pequena queda nos números. Na soma dos cinco municípios, foram 1.179 pessoas que perderam o direito de dirigir, contra os 1.023 registrados em 2012, crescimento de 15,2%. Em média, seis pessoas perdem a CNH por dia nos municípios onde o levantamento foi feito. Os dados são do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran).

continua após publicidade


Os números mais expressivos são de Arapongas. O excesso de infrações cometidas no trânsito levou 239 araponguenses a atingirem 20 pontos na carteira e, portanto, perderem a CNH neste ano. De acordo com o Detran, a principal irregularidade que motivou as suspensões foi o estacionamento irregular, com 186 notificações, representando 15,1% das ocorrências, ou mais de uma por dia.


Outros 331 condutores receberam infrações que levam à suspensão direta da CNH. São quase dois motoristas que perdem a CNH de maneira direta por dia. A principal infração registrada é pilotar sem capacete, com 128 ocorrências ou 38,6% dessas infrações. 

continua após publicidade


“Acredito que a imprudência dos motoristas está maior, por isso o número de carteiras suspensas em Arapongas vem crescendo. Além disso, a fiscalização por parte da Polícia Militar e da Guarda Municipal aumentou. Soma-se a isso a facilidade de compra de veículos, fazendo com que a frota cresça cada vez mais”, afirma o capitão Vilson Laurentino da Silva, subcomandante da Polícia Militar (PM) de Arapongas.


APUCARANA
Na sequência aparece Apucarana, com 219 suspensões por 20 pontos no primeiro semestre de 2013. A principal infração cometida também foi estacionamento irregular, com 280 notificações, o que corresponde a 23,6% do total de ocorrências, uma média de três a cada dois dias. Tanto em Apucarana quanto em Arapongas, as notificações por estacionamento irregular são impulsionadas pelo estacionamento rotativo implantado nos dois municípios.


Já as suspensões diretas de CNH somaram 217 ocorrências neste ano em Apucarana. Empatadas com 75 registros, as notificações por pilotar sem uso de capacete e transitar em velocidade acima do permitido em mais de 50% do limite são as principais ocorrências. Elas representam, cada uma, 34,5% do total de multas.

continua após publicidade


O sargento Daniel Rodrigo de Souza, da Polícia Militar de Apucarana, afirma que o aumento no número de carteiras suspensas na cidade aumentou devido à formação da última escola de policiais militares, ocorrida em meados do ano passado.


“Após esse aumento no efetivo da Polícia Militar, as operações de trânsito passaram a ter maior frequência na região. Esse incremento no efetivo ocorreu em maio do ano passado e beneficiou muito o Pelotão de Trânsito do 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que passou a fazer as operações praticamente com frequência diária”, ressalta ele.