Apucarana

Três cidades da região concentram 83,3% dos médicos

Da Redação ·

A proposta do governo federal de contratar médicos de outros países para atuar no Brasil está gerando polêmica. A justificativa é de que esses profissionais estão em falta nas cidades menores e mais afastadas dos grandes centros. No Vale do Ivaí, a má distribuição dos médicos é evidente: as três maiores cidades, que representam pouco mais da metade da população da região, concentram 83,3% desses profissionais. Segundo dados do Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR), não há médicos lotados em oito municípios do Vale, que precisam contratar profissionais de outras cidades.
O Vale do Ivaí tem população total de 323.523 pessoas, de acordo com o último Censo do IBGE, de 2010. De acordo com o banco de dados do CRM-PR, ao todo são 307 médicos com registro na região, uma média de 1.053,3 habitantes para cada médico. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o ideal é que cada médico seja responsável por até 1 mil pacientes.

Apucarana é o maior município do Vale do Ivaí, com 120.919 moradores. A cidade concentra 166 médicos, bem acima do mínimo estipulado pela OMS. Cerca de 54% dos médicos da região estão em Apucarana. A situação também é positiva em apenas outros dois municípios: Ivaiporã e Jandaia do Sul. Nos 23 outros municípios do Vale, o índice de médicos fica abaixo do preconizado pela OMS. A situação é pior em oito municípios, que não possuem médicos lotados.

Leia a matéria completa na edição desta sexta-feira (5), da Tribuna do Norte - Diário do Paraná.

continua após publicidade