Apucarana

Apucarana garante emenda para construir pontilhão no “João Paulo”

Da Redação ·
Beto Preto, Val e Junior observam no mapa da cidade o local onde será construído o pontilhão (Foto - Josias Profeta)
fonte:
Beto Preto, Val e Junior observam no mapa da cidade o local onde será construído o pontilhão (Foto - Josias Profeta)

O prefeito de Apucarana , Beto Preto (PT), recebeu ontem (02/07/2013) cópia da emenda ao Orçamento Geral da União de 2013, aprovada sob o númerio 29670002, no programa “Apoio à Política Nacional de Desenvolvimento Urbano”, do Ministério das cidades. A emenda, no valor de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais), foi oficializada ao prefeito pelo deputado federal Professor Sérgio de Oliveira (PSC/PR). O empresário Aldevino Marques da Cruz Neto, o “Val”, entregou pessoalmente a cópia da emenda ao prefeito Beto Preto e ao secretário de obras e vice-prefeito, Junior da Femac. Ele explicou que o professor Sérgio de Oliveira é o suplente de Ratinho Júnior, que deixou a Câmara Federal para assumir a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano, mas que segue cumprindo seus compromissos. “Esse era um compromisso assumido conosco pelo Ratinho Júnior e que agora, por meio do deputado Professor Sérgio de Oliveira, está sendo resgatado”, comemorou Beto Preto. Ele lembrou que a mesma emenda já havia sido apresentada em 2012, mas que Apucarana acabou perdendo o dinheiro, por que o ex-prefeito não apresentou o projeto para a obra. “É importante ressaltar que, em março deste ano, nós já havíamos decretado de utilidade pública para fins de desapropriação, uma área de terras entre a Rua Rio Jacaré, no Núcleo João Paulo, e a BR-369, para a construção de obra de transposição da linha férrea”, lembrou Beto Preto. O secretário de obras, Junior da Femac, informou que se tatá do decreto de Nº 100, de 4 de março de 2013,que prevê a desapropriação do lote 120-B/5 da Gleba Pirapó, viabilizando uma faixa de terras entre a Rua Rio Jacaré e a rodovia. “A área tem uma topografia favorável para a implantação de um pontilhão sobre a ferrovia e agora aguardamos apenas a liberação do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre), para lançar o edital de licitação e iniciar a obra”, comentou Junior. Conforme explica o prefeito Beto Preto, a obra está orçada em cerca de R$ 700 mil. “Deste total, R$ 500 mil virão da emenda ao Orçamento da União, e o Município dará uma contrapartida de R$ 200 mil, para consolidar a obra”, esclareceu. Quanto à possibilidade de, no futuro, ser viabilizada a implantação do contorno ferroviário de Apucarana, o prefeito sustenta que o pontilhão continuará tendo utilidade. “O atual traçado da ferrovia poderá ser usado para o projeto Trem Pé Vermelho, ou criação de uma via perimetral”, argumentou.

continua após publicidade