Apucarana

Acidente e aneurisma matam dois caminhoneiros de Apucarana

Da Redação ·

A Autarquia de Serviços Funerários (Aserfa) confirmou nesta terça-feira (2) que dois profissionais do volante residentes em Apucarana faleceram durante suas jornadas de trabalho. Um acidente de trânsito ocorrido por volta das 23h20 de segunda-feira (1), no km 11 da PR-650, que liga Godoy Moreira a São João do Ivaí, na região do Vale do Ivaí, tirou a vida do motorista Antonio de Souza Sobrinho, de 60 anos.  De acordo com informações da PM, ele dirigia um caminhão tanque Mercedes Benz, com placas de Apucarana, quando perdeu controle do veículo carga, que se chocou com um barranco. Com o impacto Souza foi projetado para fora da cabine, caindo debaixo de galhos. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ivaiporã para exame de necropsia e ainda será trasladado para Apucarana. Ele residia na Rua Maranhão, no Jardim Apucarana. Aneurisma - Já o caminhoneiro Célio Pedro Alves, de 51 anos, será sepultado nesta terça-feira, às 17 horas, no Cemitério da Saudade, em Apucarana. Ele faleceu segunda-feira, no Hospital Municipal São José, na região de Joinvile (SC). Alves deixa três filhos. Segundo informações de familiares do caminhoneiro, ele conduzia seu caminhão quando sentiu-se mal pouco depois das 23 horas de domingo (30) e parou à beira da rodovia. Alves foi atendido por socorristas de uma concessionária de pedágio e  encaminhado ao hospital, mas não resistiu a um aneurisma na veia aorta abdominal.

continua após publicidade

Um aneurisma da aorta abdominal ocorre quando o grande vaso sanguíneo que fornece sangue ao abdome, à pélvis e às pernas se torna estranhamente maior ou fica inchado. Colaborou Ivan Maldonado