Apucarana

Sem-terra invadem praça de pedágio entre Arapongas e Rolândia

Da Redação ·
Crédito da foto - Delair Garcia/Tribuna do Norte
fonte:
Crédito da foto - Delair Garcia/Tribuna do Norte

A praça de pedágio da concessionária Viapar situada na BR-369, entre Arapongas e Rolândia, foi invadida, na manhã deste sábado (29) por cetenas de integrantes da Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST). Os manifestantes liberaram as cancelas para que os motoristas passassem sem pagar a tarifa. O protesto ocorre simultaneamente em outras praças de pedágio do Paraná.

Segundo fontes ligadas à direção do MST, os sem-terra fazem uma série de reivindicações. Eles cobram da presidente Dilma Rousseff a apresentação de um plano emergencial para o assentamento das 150 mil famílias acampadas em todo o Brasil.

Ainda de acordo com o mST, há 523 processos judiciais envolvendo a Reforma Agrária no Brasil, dos quais 234 estão parados na Justiça Federal. Existem 69.233 grandes propriedades improdutivas no país, que controlam 228 milhões de hectares de terra (IBGE/Censo de 2010), que deveriam ser destinadas à Reforma Agrária pela Constituição.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) está no local para garantir a segurança de funcionários do pedágio e de motoristas.


Leia mais na edição de domingo (30) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná

continua após publicidade