Apucarana

Apucarana pede inclusão no programa de investimentos na aviação regional

Da Redação ·
O prefeito Beto Preto (PT), o presidente em exercício da Câmara Federal, deputado André Vargas (PT) e o ministro da Secretaria Especial da Aviação Civil, Moreira Franco, se reuniram na Capital Federal
fonte: Divulgação
O prefeito Beto Preto (PT), o presidente em exercício da Câmara Federal, deputado André Vargas (PT) e o ministro da Secretaria Especial da Aviação Civil, Moreira Franco, se reuniram na Capital Federal

O prefeito Beto Preto (PT), acompanhado do presidente em exercício da Câmara Federal, deputado André Vargas (PT), foi recebido em audiência, na noite de ontem, em Brasília, pelo ministro da Secretaria Especial da Aviação Civil, Moreira Franco.

No encontro, o prefeito Beto Preto apresentou ao ministro Moreira Franco um pedido de inclusão do Aeroporto Municipal Capitão João Bussi na primeira fase do Plano de Aviação Regional do Governo Federal. No Paraná estão contemplados 15 municípios, com investimentos de R$ 320 milhões.

“Apucarana tem um aeroporto de excelente estrutura que com investimentos para ampliação pode ser operacionalizado no segmento de cargas e também com linha comercial”, argumentou o prefeito Beto Preto. Ele lamentou que a administração anterior não apresentou projeto para inclusão de Apucarana durante o ano de 2012 e que até cidades de menor porte, como Bandeirantes, Toledo e União da Vitória estão contempladas.

Ainda na conversa mantida com o ministro Moreira Franco, Beto Preto explicou que Apucarana pode se tornar uma boa alternativa na região, com os constantes fechamentos de Londrina e Maringá, em função de problemas climáticos. “A altitude de Apucarana, de 900 metros, é um fator bastante favorável neste aspecto”, frisou.

O deputado André Vargas reforçou o pedido, argumentando que o aeroporto de Apucarana já detém uma boa estrutura. “Com a ampliação da pista e instalação de mais equipamentos, com certeza o aeroporto será de grande importância para todo o Norte do Paraná”, defendeu.    

O ministro Moreira Franco recebeu o projeto, que contém todas as documentações legais e licenças de proteção do aeródromo, inclusive com a ampliação da zona de proteção de 800 para 2000 metros. A proposta de Apucarana é ampliar a pista dos atuais 1.400 metros para 2.000 metros de extensão, além de passar de 30 para 45 metros a largura da pista.

“Tenho um grande apreço pelo deputado André Vargas e considero muito justo o pedido apresentado”, anunciou Moreira Franco, que assumiu o compromisso de analisar o pleito de Apucarana e, em breve, dar uma resposta ao prefeito Beto Preto.

continua após publicidade