Apucarana

Presidente do PV é preso por abuso sexual em Londrina

Da Redação ·

O presidente do Partido Verde (PV) no município de Londrina, Marcos Colli, foi preso durante a tarde de segunda-feira (20) pelo Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco). O advogado ocupa cargo comissionado da Mesa Executiva da Câmara de Vereadores e presta assessoria à Comissão do Meio Ambiente do Legislativo. Informações preliminares dão conta de que a prisão de Colli tem como base o artigo 217 do Código Penal, que condena a prática de "conjunção carnal ou outro ato libidinoso com menor de 14 anos". Ainda não há informações mais detalhadas sobre o crime cometido pelo advogado. Marcos Colli foi preso e encaminhado por volta das 18h30 desta segunda para a unidade dois da Penitenciária Estadual de Londrina (PEL 2). Como tem curso superior, o advogado está detido em uma cela separada. A ordem de prisão do político foi cumprida pelo delegado do Gaeco, Alan Flore. 

continua após publicidade

Já o presidente da Câmara, vereador Rony Alves (PTB), confirmou que Marcos Colli será exonerado do cargo que ocupa na Casa ainda nesta segunda-feira.

continua após publicidade

As informações são de matéria do jornalista Guilherme Batista, do Bonde