Apucarana

Mutirão de serviços "resgata" o Parque da Raposa

Da Redação ·
Mutirão de serviços
fonte: André Veronez/Assessoria de imprensa
Mutirão de serviços

Aos poucos, o Parque Ecológico da Raposa vai ressurgindo.  A pista de acesso já não se confunde mais com a vegetação rasteira, o asfalto no entorno da barragem ganhou uma camada de lama asfáltica, as bicas voltaram a verter água e a cascata em forma de escadaria, livre do mato, está visível. Neste espaço de preservação da fauna e da flora é possível encontrar diversas aves, como garças e até um imponente tucano registrado pelas lentes do fotógrafo André Veronez (veja box). São novos componentes de um cenário que era orgulho para os apucaranenses, mas que ficou abandonado por longo tempo.

O prefeito de Apucarana, Beto Preto, acompanhado do vice-prefeito e secretário municipal de Obras, Junior da Femac, e de assessores visitou nesta semana o local, que está passando por um amplo processo de revitalização. "O Parque da Raposa sofreu anos de deterioração e abandono. Trata-se de uma área de lazer e de preservação ambiental. Vamos transformá-lo novamente em atração para as famílias de Apucarana", disse Beto Preto, lembrando que o mutirão de serviços envolve, há mais de uma semana, funcionários das secretarias de Obras, Serviços Públicos e Meio Ambiente.

De acordo com o vice-prefeito e secretário de Obras, Junior da Femac, vários serviços já foram executados e outros estão previstos. "Foi feita a limpeza geral, roçagem, reabertura dos cursos de água, operação tapa-buracos e aplicação de lama asfáltica. As canaletas laterais da pista de acesso, que estavam tomadas pela terra e pela vegetação, foram desobstruídas, assim como as galerias pluviais. Também foi necessário um pequeno esvaziamento do lago, pois a água da represa estava atingindo o nível do deck", explica.

Segundo o vice-prefeito, também está sendo renovada a canalização que dá vazão ao lago, com a colocação de 150 metros de tubos com diâmetro de 40 centímetros. Além disso, outros serviços complementares serão executados nos próximos dias, como a reforma dos banheiros, sinalização de trânsito e revitalização das áreas gramadas.


Prefeito buscas novos recursos junto governo federal
Durante a vistoria dos serviços que estão sendo executados, o prefeito Beto Preto mostrou-se indignado com o estado de abandono em que encontrou o parque. "Já fizemos várias melhorias mas temos ainda muito por fazer, tamanho o descaso com esta área de lazer e de preservação ambiental. É guarita depredada, quiosque que virou banheiro para cavalo, cascatas que, devido à falta de manutenção, tiveram o curso da água desviado e mato onde antes eram espaços de circulação", enumera.

Devido à situação encontrada, o prefeito Beto Preto está buscando recursos extras junto ao Governo Federal. "As melhorias não vão parar por aí. Primeiro é preciso entender que o serviço de manutenção deve ser permanente. Depois, que o descaso foi tamanho que é necessário pedir ajuda ao Governo Federal. Já protocolei no Siconv (sistema de gestão de convênios e repasses) projeto para fazer o recape do asfalto em toda a extensão do Parque da Raposa. Não sei quando e se esses recursos serão liberados, mas a população de Apucarana pode ter certeza que haverá todo um trabalho político para conquistá-los", assinala.

Beto Preto também pretende buscar recursos junto ao Ministério do Turismo, para investimentos em equipamentos e implantação de novos atrativos. E, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, buscará desenvolver um programa de conscientização junto aos proprietários rurais das imediações. O objetivo é disseminar práticas conservacionistas, buscando ampliar a proteção ao parque.


Recadastramento e reestruturação do parque
Nos próximos dias a Prefeitura de Apucarana deverá convocar uma reunião com os detentores dos direitos de utilização dos quiosques para, posteriormente, fazer o recadastramento. O prefeito Beto Preto tranquiliza os "quiosqueiros", afirmando que a medida é de caráter orientativo e tem por objetivo reorganizar os serviços oferecidos aos usuários desta área de lazer. "Será um momento para avaliar a atual situação e para unirmos forças, buscando transformar o Parque da Raposa num ambiente agradável, de bem-estar para as famílias e com locais de alimentação apropriados", pondera.

De acordo com o prefeito de Apucarana, devido às características ambientais e às belezas naturais, o Parque da Raposa tem grande potencial turístico. "Nesta semana, enquanto os serviços eram feitos, uma família de São Paulo visitou o local, mesmo estando o parque nestas condições precárias. Precisamos agora fazer as benfeitorias necessárias, aliando lazer e preservação ambiental. E, ato contínuo, vamos desenvolver um trabalho em conjunto com os quiosqueiros, incentivando a melhoria da estrutura de atendimento", frisa Beto Preto.

Os avanços também serão sentidos na área da segurança e na limpeza pública. “Conforme compromisso assumido no plano de governo, a Guarda Municipal  fará rondas, especialmente nos finais de semana, e a coleta de lixo, que era feita apenas uma vez por semana, passará a ocorrer três vezes nesta região da cidade”, anuncia.


Preservação da fauna e flora
Inaugurado em 1989, o Parque Ecológico da Raposa é uma Unidade de Conservação (UC) e por isso recebe recursos do ICMS Ecológico. Localizada em área com 101 alqueires, dos quais 44 são de reserva florestal, o espaço conta com lago, bicas de água, piscina natural, cascata artificial e quiosques. Além de uma importante área de lazer, é um espaço de preservação ambiental onde são encontradas diversas espécies de árvores nativas, animais, peixes e aves.

Historicamente, uma das principais atrações dos visitantes foi a contemplação de peixes, de espécies e tamanhos variados, à beira do lago. O Parque também é alvo de estudos acadêmicos, como um realizado por estudantes da Faculdade de Apucarana (FAP), que levantou dados sobre macacos-prego que habitam na reserva florestal. Frequentemente, os visitantes também se deparam com diversas aves, como gansos, garças e até tucanos. Nesta semana, enquanto a equipe do prefeito Beto Preto visitava as obras de melhoria neste espaço, o fotógrafo André Veronez registrou a imagem de um tucano, pássaro ameaçado de extinção.

continua após publicidade