Apucarana

Prefeitura planeja Apucarana como Cidade Digital

Da Redação ·
O webmaster Luciano Rosa Ross detalha projeto Cidade Digital durante reunião na Prefeitura de Apucarana
fonte: Edson Denobi/Assessoria de imprensa
O webmaster Luciano Rosa Ross detalha projeto Cidade Digital durante reunião na Prefeitura de Apucarana

Especialistas em informática do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan) e do Centro de Tecnologia da Informação (CTI), da Secretaria de Gestão Pública, apresentaram ao prefeito Beto Preto (PT) um projeto que visa interligar em rede todos os órgãos públicos municipais. Atualmente, apesar de o município já ter sido contemplado em outras gestões pelo Programa de Modernização Administrativa e Tributária (PMAT), do BNDES, a estrutura disponível é avaliada como “tímida” pela nova administração.

“Queremos Apucarana sempre à frente. Hoje, apesar das oportunidades já dadas, em matéria de tecnologia a prefeitura está muito aquém do que deveria, por isto estamos trabalhando para que em breve tenhamos definitivamente uma rede efetiva, que venha agilizar o trabalho das repartições municipais e com isto oferecer serviços públicos com melhor qualidade ao cidadão, com menos custos e burocracia”, anuncia o prefeito. A reunião expositiva, que aconteceu no gabinete municipal, contou com a participação do vice-prefeito Júnior da Femac e de secretários municipais.

O projeto da Prefeitura de Apucarana será inscrito junto ao Projeto Cidades Digitais, do Ministério das Comunicações. “Há previsão de abertura de um edital com liberação de investimentos neste sentido ainda neste ano e, isto acontecendo, já teremos o projeto pronto para protocolar”, frisa Beto. Ele destaca que Projeto Cidades Digitais foi incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal e terá um reforço de R$ 100 milhões no orçamento de 2013. Atualmente já há uma chamada que contempla municípios com até 50 mil habitantes.

Uma vez contemplado no projeto, a estrutura pública dos municípios recebe investimentos na modernização da gestão e do acesso aos serviços públicos por meio da construção de redes de fibras óticas que possibilitam a conexão entre os órgãos públicos, o acesso da população a serviços de governo eletrônico e a espaços de uso de internet. O projeto inclui a implantação de aplicativos de “e-gov” nas áreas financeira, de tributação, educação e saúde e a capacitação dos servidores municipais para o uso e gestão da rede. A primeira seleção do projeto-piloto de Cidades Digitais, aberta em 2012, contemplou 80 municípios.


Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Apucarana

continua após publicidade