Apucarana

Apucarananense é morto em suposto confronto com a polícia

Da Redação ·

Dois suspeitos de envolvimento em desmanche de carros se envolveram em confronto no final de semana com a Polícia Militar em uma chácara na zona rural de Colombo,região metropolitana de Curitiba. Um deles morreu e outro conseguiu fugir. Peças de pelo menos sete veículos foram recuperadas no local. O homem morto pela polícia é Denílson Piacentini, de 42 anos, que residia em Apucarana. O corpo foi trasladado para Apucarana e Denílson foi sepultado na tarde de domingo (7), no Cemitério Cristo Rei.

Uma equipe da PM foi abordada por pessoas que denunciaram a existência de um desmanche de carros na chácara, na Rua Padre José Domingos Marine. Quando chegaram ao local, os policiais encontraram os dois homens, desmontando um dos carros, conforme informações da PM.

continua após publicidade

De acordo com a polícia, Denílson Piacentini, 42 anos, estava com um revólver calibre 38 e teria atirado cinco vezes contra os policiais. No revide, ele foi baleado no peito e morreu. O homem que estava com o apucaranense conseguiu fugir.

No local os policiais encontraram peças de sete carros e conseguiram confirmar que pelo menos um deles, um Punto, era roubado. As partes do veículo e o revólver de Denílson encaminhados à Delegacia de Colombo. Já o corpo do apucaranense foi necropsiado no Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.