Apucarana

Morre vítima de atropelamento na Minas Gerais

Da Redação ·

Morreu hoje pela manhã, no Hospital da Providência, um catador de papel vítima de atropelamento ocorrido na semana passada, na Avenida Minas Gerais, em Apucarana. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) por volta das 9h, onde exame de necropsia deve constatar a causa da morte.

O acidente aconteceu na noite de 27 de março, em frente ao Auto Posto Juninho. Nilson Carlos dos Santos, 43 anos passava pelo acostamento quando decidiu cruzar a rodovia e acabou atingido por um veículo Renault Fluence com placas de Apucarana.

Como consequência da colisão, Santos teve traumatismo craniano e fratura no quadril, segundo os médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Durante o atendimento a vítima ainda teve duas paradas cardíacas sendo encaminhada ao hospital.

Nilson era morador de rua e trabalhava como catador de papel. Conforme informações do IML, familiares já foram avisados sobre o óbito e estão no local providenciando detalhes para velório e sepultamento.

continua após publicidade

Na noite de ontem, outro atropelamento na Avenida Minas Gerais deixou uma mulher gravemente ferida. O acidente aconteceu por volta das 19h, em frente a Ford Aravel. Rosana Fernandes, 33 anos foi atingida por um veículo Fiat Uno, com placas de Arapongas, sendo encaminhada ao Hospital da Providência. Seu estado de saúde é grave com risco de morte.