Apucarana

Procissão reúne milhares de pessoas em Apucarana

Da Redação ·
Procissão reúne milhares de pessoas em Apucarana
fonte: Sérgio Rodrigo - Tribuna do Norte - Diário do Paraná
Procissão reúne milhares de pessoas em Apucarana

Milhares de pessoas participaram sexta-feira à noite, em Apucarana, da tradicional Procissão do Senhor Morto, realizada pelas ruas centrais da cidade. Os fiéis saíram das escadarias da Catedral Nossa Senhora de Lourdes, entornaram a praça foram até a Barra Funda, retornando ao mesmo local num percurso que durou uma hora e meia. No trajeto, grupos de jovens da catedral e de outras paróquias encenaram as 14 estações da via-sacra, retratando desde o momento em que Jesus Cristo foi condenado à morte, carregou a cruz, foi crucificado e sepultado. A cerimônia foi dirigida pelo pároco da Catedral, padre Roberto Carrara, tendo à frente o arcebispo emérito de Manaus, Dom Luiz Vieira, que está passando por um período missionário em Apucarana. O tema da Campanha da Fraternidade deste ano foi explorado em todas as estações, refletindo os principais  problemas que afligem hoje a juventude, como o tráfico e  consumo de drogas, alcoolismo, prostituição, prática de assaltos, prisões e desemprego, entre outros. “Nossos jovens, hoje, são vítimas de toda esta situação, especialmente aqueles de famílias carentes”, disse o padre Roberto Carrara, convocando os fiéis a refletirem sobre tudo que acontece hoje com a juventude moderna.

continua após publicidade
confira também

No encerramento da procissão, o arcebispo Dom Luizinho lembrou que Jesus Cristo não está morto. “Cristo ressuscitou, ele está vivo e está no meio de nós”, disse à multidão. As celebrações de ontem à noite e de hoje destacam o Cristo ressuscitado. IVAIPORÃ Mais de cinco mil fieis católicos de Ivaiporã participaram, na sexta-feira, da cerimônia religiosa que relembra a morte e a crucificação de Jesus Cristo. O encontro dos fiéis aconteceu em uma missa campal na Paróquia Bom Jesus e foi celebrada pelos padres Oscar Rodrigues de Souza (Espírito Santo), João Valentin Voltarelli (Bom Jesus) e Romano Gnesoto (Santíssima Mãe de Deus). A cerimônia que marca a passagem da sexta-feira da Paixão começou por volta 18 horas. Depois das palavras de fé na igreja, a multidão seguiu na procissão do Senhor Morto no eixo central de Ivaiporã onde foi mantida a tradição católica. À medida que a via-sacra avançava pelas 14 estações, jovens das três paróquias apresentavam encenações relembrando a história da crucificação de Jesus. “Neste ano, aderindo à campanha da fraternidade que tem como tema Fraternidade e Juventude, reunimos todos jovens de todas as paróquias para fazerem as apresentações”, explica o coordenador do Grupo Galera de Cristo (GGC), Lucas Trotch. Padre Oscar diz que a cerimônia é tradição das três paróquias de Ivaiporã. “Nós estamos louvando e agradecendo a Deus e que Ele nos ajude sempre nos dando a sua graça. E possamos configurar a Jesus, os seus ensinamentos e tudo de bom que Ele transmitiu para nós. E hoje (sexta-feira) nos procuramos reviver esses ensinamentos que Ele nos deixou”, diz Padre Oscar.