Apucarana

Polêmica marca eleição de associação

Da Redação ·

O servidor José Benedito Luiz, o Zezão, candidato a presidente da Associação dos Servidores Públicos Municipais de Apucarana (ASPMA), denunciou ontem que a chapa da situação, que concorre à reeleição, até agora não é conhecida nem foi apresentada para os associados.

Zezão, que encabeça a chapa 2 “Direitos Iguais”, conquistou direito de inscrever seu grupo na eleição - que acontece hoje, com uma liminar concedida pela Justiça. Apesar disso, ele ainda critica a condução do pleito. “Não estão respeitando a Justiça, pois a sr. Marli de Castro, que foi afastada da comissão eleitoral, está agora participando da mesa receptora de votos”, denuncia Zezão.

Segundo ele, Marli de Castro não é sequer servidora municipal e quando integrava a comissão eleitoral não quis aceitar a inscrição da chapa de oposição. “Agora, na véspera da eleição, o atual presidente Ananias Gonçalves, o Branco, candidato à reeleição, nomeou Marli de Castro para conduzir o processo de recebimento de votos e isso é um absurdo”, avalia Zezão.

Para o candidato da chapa de oposição, tais interferências comprometem a transparência e legitimidade do processo eleitoral. Os integrantes da outra chapa inscrita não foram encontrados para comentar as declarações de Zezão.

continua após publicidade