Apucarana

Déficit de efetivo do 10º BPM é de 241 policiais, afirma comandante

Da Redação ·
Déficit de efetivo do 10º BPM é de 241 policiais, afirma comandante
fonte:
Déficit de efetivo do 10º BPM é de 241 policiais, afirma comandante

Em reunião realizada ontem (5) na Câmara de Vereadores de Apucarana para discutir a questão da segurança pública no município, o comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar (BPM), tenente coronel Sérgio Luiz Ferreira dos Santos, revelou que o déficit de efetivo da corporação local é de 241 policiais. Segundo Santos, hoje Apucarana tem um efetivo de 209 policiais militares, mas o número de PMs ideal para prestar segurança na área, conforme o oficial, seria de 450 policiais. No comparativo dos números apresentados pelo coronel, a carência de pessoal passa de 100%. No início da década de 80 o 10º BPM chegou a ter cerca de 650 integrantes.

O comandante do 10º BPM frisou que o déficit de efetivo é a principal dificuldade enfrentada hoje pela corporação, mas afirmou ter esperança que o problema seja minimizado com a abertura de mais duas Escolas de Polícia, autorizadas pelo governo do Paraná para início ainda neste ano.

O coronel Sérgio Luiz Ferreira dos Santos acrescentou ainda que nos próximos dias o 10º BPM deverá receber mais três viaturas zero quilômetro.

Na ocasião os vereadores apresentaram algumas reivindicações que julgam necessárias para a segurança da cidade. Segundo o vereador Mauro Bertoli (PTB) é importante que a PM faça uma atuação mais rigorosa nos bairros da Vila Reis e no distrito do Pirapó. “Existem pontos da cidade em que a Polícia Militar precisa manter uma viatura próxima para agilizar no atendimento das ocorrências” diz Bertoli.

O comandante Sérgio Santos informou que o problema deve ser minimizado com a abertura de mais duas Escolas de Polícia, autorizadas pelo governo do Paraná. “Além da chegada dos novos policiais nos próximos dias o 10º BPM deverá receber três viaturas para auxiliar em nosso trabalho”, informou Santos.


Leia mais na edição de quinta-feira (7) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná

continua após publicidade