Apucarana

Centro da Juventude foi entregue em situação irregular

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Centro da Juventude foi entregue em situação irregular
fonte: André Veronez
Centro da Juventude foi entregue em situação irregular
continua após publicidade

Sete meses após ser inaugurado, há equipamentos do Centro da Juventude de Apucarana que ainda não puderam ser utilizados. Localizada no Jardim Diamantina, região onde muitos jovens, principalmente entre 12 e 18 anos, encontram-se em situação de vulnerabilidade social, a obra foi entregue em momento pré-eleitoral pela gestão anterior mesmo sem a autorização do Governo do Estado, através da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social.

Sem o devido cuidado no recebimento da obra, alguns graves problemas de execução por parte empreiteira já foram identificados pela atual administração, com destaque à situação da piscina. “Hoje existam vazamentos que impedem que ela atinja o nível de água adequado para o uso. Identificamos fissuras camufladas com silicone”, lamenta professor Paulo Aparecido Kisner (Paulão), secretário da Juventude.

No espaço onde deveria ser o “Centro de Informática”, hoje existem apenas duas máquinas em funcionamento. “Por determinação do prefeito Beto Preto (PT), o assunto já foi levado ao conhecimento da Procuradoria Jurídica Municipal, que vai nos auxiliar nos procedimentos a serem adotados a partir de agora, no sentido de apuração das responsabilidades e solução dos problemas de execução, sobretudo da piscina”, assinala Paulão.

Construído pelo Governo do Paraná em terreno doado pela Prefeitura de Apucarana, o Centro da Juventude visa ser um ambiente de promoção da cidadania, convivência, formação pessoal e profissional de apucaranenses com idades entre 12 e 18 anos. Com 1,7 mil metros quadrados de área construída, tem em seu projeto espaço para biblioteca, laboratório, sala de informática, auditório, salas multiuso, praça, teatro de arena, pista de skate, ginásio poliesportivo e piscina semiolímpica, além de profissionais em áreas como psicologia, pedagogia, assistência social, entre outras.

O investimento total anunciado na construção do Centro da Juventude de Apucarana, foi na ordem de R$ 2,8 milhões, com recursos o Fundo para a Infância e Adolescência (FIA).

Além de algumas poucas realizações culturais e esportivas, a atividade mais relevante sediada pelo Centro da Juventude, desde sua inauguração, foi o Protejo - Projeto de Proteção de Jovens em Território Vulnerável. Uma conquista do Consórcio de Segurança Pública e Cidadania de Londrina e Região (Cismel), do qual Apucarana é integrante, junto ao Ministério da Justiça através do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), a iniciativa atende jovens apucaranenses na faixa de idade entre 15 e 24 anos. Mesmo assim, o grupo permanece privado de utilizar recursos importantes como o Centro de Informática e a piscina.

O Centro da Juventude, que recebeu o nome de Alex Mazaron, está localizado na Rua Piratininga, s/n. Para informações sobre matrículas em cursos já disponibilizados, basta ligar para o número telefônico 3424-0629, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.