Apucarana

Fotos desmentem depoimento de Elissandro Spohr sobre fogos na Kiss

Da Redação ·
Show pirotécnico teria iniciado o incêndio que matou mais de duas centenas de pessoas
fonte: divulgação
Show pirotécnico teria iniciado o incêndio que matou mais de duas centenas de pessoas

Policiais de Santa Maria encontraram fotos que, segundo eles, desmentem o depoimento do sócio da boate Kiss, Elissandro Spohr, o Kiko.

O acusado afirmou em entrevista que a banda Gurizada Fandangueira, já havia tocado na casa em eventos anteriores, mas nunca havia usado fogos durante os shows. "A banda nunca falou comigo sobre isso [show pirotécnico]. Eu nunca autorizei isso. Faz 2 anos, eu acho, que a banda toca lá [na Kiss]. Eu vi no mínimo 30 shows deles. Nunca fizeram isso, nem na Kiss. Vi shows deles em outros lugares, eles também nunca usaram isso. Se eu soubesse que iam usar, não deixaria", afirmou Kiko.

As fotos foram encontradas durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na casa de 7 integrantes e pessoas que trabalhavam para a Gurizada Fandangueira. As imagens mostram integrantes da banda fazendo shows pirotécnicos na Kiss.

continua após publicidade