Apucarana

Apucarana conclui primeiro projeto do MCMV Entidades do Paraná

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Apucarana conclui primeiro projeto  do MCMV Entidades do Paraná
fonte: Edson Denobi
Apucarana conclui primeiro projeto do MCMV Entidades do Paraná

Cento e cinquenta famílias com renda mensal entre zero e R$1.600,00, receberam no sábado (15/12) as chaves da casa própria. O empreendimento, batizado de Orlando Bacarin, foi edificado em área de 64.232,654 m² doada pela Prefeitura de Apucarana, localizada aos fundos da Colônia dos Novos Produtores, sendo o primeiro conjunto habitacional de interesse social construído no Paraná através do Programa Minha Casa Minha Vida Entidades (MCMV Entidades), tendo uma entidade sem fins lucrativos como gestora do projeto.

O investimento financeiro foi do Governo Federal, através do Ministério das Cidades, no valor de R$ 6.038.036,13, com recursos oriundos do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS) e todo o projeto, desde o cadastramento até a seleção dos mutuários, foi feito pela União por Moradia Popular do Paraná (UMP) e pela União de Mutuários e Moradores de Apucarana e Região (UMAR). O prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB) esteve presente na entrega do conjunto.

Por um período de 10 anos (120 meses), grande parte das famílias vai pagar uma prestação mensal de 5% do salário-mínimo nacional vigente, um grande subsídio financeiro do programa. Segundo a UMP e UMAR, os mutuários com renda acima de um salário-mínimo receberam ainda os benefícios do Programa Morar Bem Paraná, através da Cohapar.

Ao longo do trabalho social, executado pela Assistente Social Aurita Bertoli, foram trabalhadas algumas regras básicas, que deverão ser cumpridas pelas famílias: respeitar a conquista; zelar pelos imóveis e sua infraestrutura; não vender, não alugar, pagar em dia e continuar na luta por moradias, assim, estarão beneficiando outras famílias de sem teto que ainda não realizaram este sonho.

A UMP vem trabalhando para iniciar ainda em 2013, mais um empreendimento em Apucarana, de aproximadamente 200 novas moradias.

continua após publicidade