Apucarana

Lideranças querem reversão de doação ao Ceprhusb

Da Redação ·

Lideranças de Apucarana querem a reversão da doação do imóvel ocupado atualmente pelo Centro de Promoção Humana São Benedito (Ceprhusb), no Jardim Diamantina, e a responsabilização dos envolvidos no esquema que ‘adulterou’ projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal em 2009. Naquele ano, os vereadores aprovaram matéria autorizando a cessão da área à entidade dirigida pelo ex-prefeito Valter Pegorer (PMDB), mas a lei redigida e publicada na sequência pela Prefeitura estabeleceu a doação do imóvel, sem qualquer restrição. A doação veio poucos meses depois que o Governo do Paraná, tendo comprado a área da Mitra Diocesana de Apucarana, a transferiu para o município. Já a publicação da lei 153/09, repassando o espaço ao Ceprhusb, ficou a cargo do Diário Oficial, órgão criado pelo ex-prefeito e de circulação limitada. Mesmo com uma legislação com teor distinto do projeto aprovado pelos vereadores, a direção do Ceprhusb escriturou o imóvel em seu nome, em um tabelionato do Distrito de Pirapó. O registro procedeu no 1º Ofício de Registro de Imóveis de Apucarana.

continua após publicidade
confira também

REVOLTA Para o ex-prefeito Carlos Scarpelini, que administrava Apucarana quando o Governo do Estado comprou o imóvel, estes detalhes da doação do prédio ao Ceprhusb geram indignação. “É culpado nisso quem participou desde o início. Estas pessoas têm que ser responsabilizadas criminalmente. Foi uma luta para conseguir essa área”, relatou ele à Tribuna, ao comentar que a Prefeitura enfrentou uma série de dificuldades até que recebesse, de fato, a área do Governo do Estado. O imóvel, recordou Scarpelini, pertencia à Mitra Diocesana na década de 80, quando sua gestão o alugou para desenvolver atividades do extinto Recanto do Menor. “Foi uma luta. Fui com o bispo dom Domingos até Curitiba e o governador da época, Álvaro Dias, comprou o imóvel, pagando à vista, para que o município. Leia a matéria completa na edição desta quinta-feira da Tribuna do Norte - Diário do Paraná