Apucarana

Presos fazem buraco em parede, mas polícia evita fuga em Arapongas

Da Redação ·
Presos fizeram buraco em parede de cela que daria acesso à Rua Jacutinga.
fonte: Delair Garcia
Presos fizeram buraco em parede de cela que daria acesso à Rua Jacutinga.

A polícia agiu rápido e impediu que encarcerados da ala direita do setor de custódia cautelar (provisória) da 30ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Arapongas fugissem na noite de domingo (28). A ação para ganhar a liberdade forçada foi frustrada pela Polícia Civil, Polícia Militar (Rotam e Canil) e Guarda Municipal. As autoridades da área de segurança do município alertam para o risco provocado pela superlotação, pois a área de carceragem da Delegacia de Arapongas tem capacidade total para 34 presos, mas no momento da tentativa de fuga 190 pessoas estavam detidas no local.

Segundo o investigador Marcelo Kutianski, por volta das 22h30, a equipe da PM foi acionada para dar apoio na Delegacia, pois alguns presos fizeram buraco em parede de cela que daria acesso à Rua Jacutinga. Após a chegada de reforço, o prédio foi isolado e a polícia entrou no setor de carceragem. Os presos foram reconduzidos às suas celas e o cubículo no qual os detentos perfuraram o buraco foi isolado.

continua após publicidade
confira também

Esta foi a segunda tentativa de fuga de delegacias na região norte do Paraná durante o final de semana. Na tarde de domingo presos da cadeia de Ibiporã, na região de Londrina se rebelaram durante uma tentativa de fuga, mas o Pelotão de Choque da PM de Londrina foi chamado e evitou consequências mais graves.


Leia mais na edição de terça-feira (30) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná