Apucarana

Setor da construção civil avalia resultados da central de entulhos

Da Redação ·
 Balanço do início das atividades foi feito nesta quinta-feira (25), durante reunião de trabalho no Salão Nobre da Prefeitura de Apucarana
fonte: Divulgação
Balanço do início das atividades foi feito nesta quinta-feira (25), durante reunião de trabalho no Salão Nobre da Prefeitura de Apucarana

Quinze dias após a entrada em operação da central de entulhos, empresários e autoridades ambientais se reuniram ontem pela primeira vez para avaliar o serviço. O espaço que funciona em área desativada de uma pedreira no Parque Industrial Norte já recebeu mais de 800 toneladas de resíduos da construção civil. A expectativa é que adesão cresça progressivamente, com a divulgação do novo espaço, a fiscalização pelos órgãos competentes e a conscientização da população.

O balanço do início das atividades foi feito nesta quinta-feira (25), durante reunião de trabalho no Salão Nobre da Prefeitura de Apucarana e que contou com as presenças de Vilmar Fonseca, promotor do meio ambiente, Eliton Bemdem, fiscal do Instituto Ambiental do Paraná (IAP),  cabo Walmir da Mata, da Polícia Ambiental, e de João Batista Beltrame, secretário municipal de Meio Ambiente e Turismo (Sematur). O encontro também teve a participação de membros do Conselho Municipal de Meio Ambiente, da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Apucarana (AEAA) e de representantes de construtoras, empresas de terraplenagem e caçambeiros. Na oportunidade, foi feita uma apresentação sobre o funcionamento da central de entulhos de Arapongas, onde o serviço já existe há mais de dois anos.

Apucarana produz cerca de 100 toneladas diárias de resíduos da construção civil e, por enquanto, a média de recepção na central de entulhos está sendo de cerca de 50 toneladasdia.

continua após publicidade