Apucarana

Campanha no Facebook pede ajuda a jovem acidentado

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Campanha no Facebook pede ajuda a jovem acidentado
fonte: Arquivo pessoal
Campanha no Facebook pede ajuda a jovem acidentado

Uma campanha que começou a circular ontem, quinta-feira (13), no Facebook está ganhando grandes proporções, mobilizando Apucarana e região.  A campanha pede aos usuários da rede social que ajudem a família de um jovem, vítima de acidente com skate, a conseguir dinheiro para custear as despesas médicas. Nathan David Daniel, 18 anos, sofreu uma grave lesão na cabeça no último sábado (8), enquanto andava de skate na região do Lago Jaboti, em Apucarana. A queda causou traumatismo craniano e coágulos no cérebro de Nathan, que foi levado ao Hospital da Providência, e depois transferido ao Hospital do Coração, em Londrina, onde permanece internado.

continua após publicidade


Segundo Willian Mamoru Kawamoto, 21 anos, a campanha começou após os pais de Nathan revelarem que gastaram cerca de R$50 mil reais com despesas médicas. Kawamoto presencia o drama da família de perto, pois é amigo próximo de Nathan. “Depois de saber a dificuldade que eles estão passando decidi tentar ajudar. Eu e outros amigos divulgamos o número da conta no Facebook para as pessoas ajudarem com quanto puderem”.

Willian não limitou-se apenas em divulgar a ação, ele também disponibilizou-se a buscar o dinheiro na casa de alguns colaboradores. “Algumas pessoas não têm conta no banco, ou simplesmente não têm tempo para depositar o dinheiro”.  Ele revelou que em menos de 12 horas de campanha, já havia arrecadado mais de R$6 mil reais. “A cidade toda está tentando ajudar, mesmo com pouca quantia. Todos estão sendo muito solidários”, afirma.

Os amigos Raphael Fonseca, 19 anos, e Renan Hott, 20 anos, estão impressionados em como algumas pessoas abraçaram a causa. “Várias pessoas estão ajudando, cada uma a sua maneira. Tem gente vendendo pão de queijo, camisetas com a foto do Nathan. O legal é ver que a maioria delas nem chegou a conhecê-lo”, observa.

A iniciativa dos amigos de Nathan criou uma corrente de ajuda. O secretário da Associação dos Militares do Vale do Ivaí (Amevi), em Apucarana, Anderson Aparecido de Souza, contou que o órgão também está angariando fundos para a causa, uma vez que, o pai da vítima, sargento aposentado Eduardo Daniel, integrou a corporação por mais de 25 anos. “Os soldados do 10º Batalhão da Polícia Militar criaram uma rifa interna para no valor de R$100”, conta.

A campanha que começou ontem, já circula pelas páginas pessoais de diversos usuários. Os compartilhamentos e os "curtir" passam de 20 mil.