Apucarana

Apucaranense ferido em acidente com colheitadeira morre em Arapongas

Da Redação ·

A Autarquia de Serviços Funerários de Apucarana (Aserfa) confirmou na manhã desta quarta-feira (12) que  Paulo César Lourenzi, de 51 anos, ferido em acidente envolvendo colheitadeira, ocorrido na noite de 24 de agosto, faleceu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional João de Freitas, em Arapongas. A ocorrência de trânsito foi registrada na BR-369 (Rodovia Mello Peixoto), próximo à Colônia Esperança. O Ford Fiesta conduzido por Lourenzi bateu na traseira de uma colheitadeira. O impacto principal foi na altura do para-brisa e o teto afundou. Lourenzi sofreu ferimentos no rosto e cabeça.

continua após publicidade

Lourenzi foi retirado do carro por socorristas do SAMU e Corpo de Bombeiros inconsciente e levado para o Hospital João de Freitas. Conforme declaração da Polícia Rodoviária Federal (PRF) à época, o maquinário agrícola não poderia estar trafegando pela rodovia sem a sinalização adequada. Agentes da PRF detalharam que o equipamento deveria estar com os chamados ‘batedores’, carros com sinalizadores em trânsito atrás e na dianteira, a uma distância segura para alertar os motoristas de outros veículos. No entanto, a colisão foi na faixa de retorno e não mais nas pistas de rodagem. “Eu sai dali (área de uma balança rodoviária na beira da pista) e atravessei porque o carro estava vindo longe ainda, por isso já estava na faixa de segurança de retorno”, disse o agricultor Marciano Hernandes dos Santos, 32, que operava a colheitadeira. Pouco antes do acidente ele trabalhou em uma propriedade rural e guardaria o maquinário na cooperativa Bella Agrícola, distante a poucos metros do local do acidente. Paulo César Lourenzi residia na Rua Ceará, no Jardim Apucarana (zona norte da cidade). O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Londrina para necropsia. O local de velório e sepultamento e horário do enterro ainda não foram definidos pela família.