Apucarana

Bombeiros de Apucarana alertam para cuidados ao empinar pipas

Da Redação ·
é muito importante alertar as crianças sobre  o  risco  de  tentar  retirar  uma pipa que tenha enroscado na rede elétrica
fonte: Arquivo
é muito importante alertar as crianças sobre o risco de tentar retirar uma pipa que tenha enroscado na rede elétrica

Uma das mais antigas e preferidas brincadeiras das crianças e também de adultos, empinar pipas exige muito cuidado e muita orientação. Além do risco de morte decorrente de descarga elétrica, os papagaios, maranhões e pandorgas, como também são chamadas as pipas, frequentemente provocam interrupção do fornecimento de energia.


O subtenente Vanderlei Simão de Souza, do Corpo de Bombeiros de Apucarana, dá alguma orientações sobre como evitar acidentes ao soltar papagaios.


“Agora nas férias escolares, principalmente, quando as crianças costumam praticar essa atividade de forma mais intensa, a orientação é que se quiserem soltar pipa procurem parques, campos abertos, praças públicas, bem longe da fiação elétrica”. Muita gente ainda utiliza o cerol para empinar pipa, o que é proibido. O uso de cerol é proibido por lei e não poderia nem ser usado. Além de provocar acidente com a rede elétrica pode causar acidentes graves com ciclistas e motociclistas”, adverte.


Morte - Simão lembra que há alguns anos, um adolescente de 13 anos morreu após sofrer descarga elétrica soltando pipa no Núcleo Habitacional Dom Romeu Alberti, na região Norte de Apucarana. "Ele foi tentar tirar um papagaio enroscado no fio de alta tensão e o resultado foi trágico", diz o bombeiro.


O subtenente rememora ainda que no final de 2011, um garoto de oito  anos  morreu  na  região  norte  de  Londrina  após sofrer uma descarga elétrica conduzida pelo contato de um fio de cobre da pipa com uma linha desta mesma
voltagem. 


Copel orienta - Simão acrescenta que as recomendações de prevenção são levadas durante todo o ano por funcionários da  Copel,  que  visitam  as turmas de 5ª série da rede pública de ensino para falar  sobre o uso seguro da energia elétrica e a importância de soltar pipas apenas em  locais distantes da rede elétrica. 


Uma das  recomendações enfatizadas pela Copel é evitar o uso de material metálico ou  cerol  na  confecção  das  pipas, pois são materiais que conduzem eletricidade e  aumentam  o risco de choque. Também é muito importante alertar as crianças sobre  o  risco  de  tentar  retirar  uma pipa que tenha enroscado na rede elétrica. Ao  puxar  o  brinquedo,  os  cabos  de alta tensão podem se aproximar e provocar um  curto-circuito.                              

continua após publicidade