Apucarana

Apucarana prepara 1º Censo do Ensino Superior e Técnico

Da Redação ·
Censo Universitário foi discutida em reunião realizada no auditório da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia),
fonte: Divulgação
Censo Universitário foi discutida em reunião realizada no auditório da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia),

A Secretaria Especial de Ensino Superior da Prefeitura de Apucarana (SESA) deu início recentemente aos encaminhamentos que visam a realização do primeiro censo municipal do ensino superior e técnico profissionalizante.


O assunto foi tratado nesta semana em reunião realizada no auditório da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia), onde participaram representantes das Instituições de Ensino Superior (IES) da cidade, Núcleo Regional de Educação (NRE), Sistema “S”, Comitê Gestor da Micro e Pequena Empresa, Sebrae e Acia.


As entidades formam o grupo de trabalho (GT) que irá construir e conduzir de forma conjunta o processo de levantamento.


De acordo com professor Cláudio Silva, secretário Especial de Ensino Superior, a importância do Censo está em estabelecer uma radiografia do setor e levantar informações relevantes para a criação de políticas públicas e estruturação dos setores de comércio e de serviços.


"A é atende atender adequadamente a demanda crescente de jovens que vêm, a cada semestre, prestar vestibular em Apucarana, e/ou aqui residir para estudar nas instituições locais, além dos que se formam e querem fixar residência e aqui iniciar a carreira profissional”, assinala Silva.


Segundo ele, com a realização do censo, tanto o comércio como o setor de prestação de serviços teriam dados confiáveis para promover investimentos no sentido de melhor atender também ao número crescente de professores e profissionais dos mais variados segmentos que cursam pós-graduação e cursos técnicos profissionalizantes e de aperfeiçoamento em Apucarana. “Nos últimos anos, sobretudo nos finais de semana, esses profissionais e alunos, por vezes, encontram dificuldades principalmente quanto à alimentação e hospedagem”, conta.


Segundo dados da Secretaria Especial de Ensino Superior, somente o polo Apucarana da Universidade Aberta do Brasil (UAB) atende atualmente 660 alunos, de 31 municípios, que vêm a Apucarana nos finais de semana para atividades presenciais. “O censo trará informações importantes para os interessados nas potencialidades desse segmento que vem crescendo de forma expressiva no município”, reforça Cláudio Silva. Durante a reunião deliberativa, também foi feita a avaliação da I FEICAP – Feira Universitária de Apucarana.

continua após publicidade