Apucarana

Apucarana realiza ato em combate à exploração sexual de menores

Da Redação ·
continua após publicidade
Apucarana realizou na manhã desta sexta uma passeata contra o abuso e a exploração sexual de menores no município. A campanha que acontece em nível nacional mobilizou jovens e estudantes em concentração na praça Rui Barbosa.
 
O ato contou com palavras de conscientização, apresentações artísticas e um apitaço pelo centro de Apucarana. O dia 18 de maio é uma data de mobilização nacional contra o abuso e a exploração sexual infantil.
 
No Brasil, o dia foi instaurado em 1998, onde cerca de 80 entidades públicas e privadas, reuniram-se na Bahia para o 1º Encontro do Ecpat (organização internacional que luta pelo fim da exploração sexual e comercial de crianças, pornografia e tráfico para fins sexuais) no Brasil.
 
A data foi escolhida em homenagem à Araceli Cabrera Sanches, que foi morta aos oito anos de idade, na cidade de Serra no Espirito Santo. Ela foi sequestrada em 18 de maio de 1973. Os bandidos drogaram, espancaram, estupraram e depois mataram a criança.  O corpo foi encontrado seis dias depois nos fundos do Hospital Infantil de Vitória, capital do estado capixaba.