Apucarana

Prefeitura e agentes de saúde e endemia não entram em acordo

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Prefeitura e agentes de saúde e endemia não entram em acordo
fonte: André Veronez
Prefeitura e agentes de saúde e endemia não entram em acordo

Funcionários da Autarquia Municipal de Saúde de Apucarana fizeram mais um protesto na tarde desta terça-feira em Apucarana. Os agentes de saúde e endemia exigem que o poder público municipal pague o piso estipulado pelo Governo Federal.

continua após publicidade


Por volta das 14 horas, cerca de 50 servidores se reuniram do lado de fora da Prefeitura Municipal, enquanto lá dentro, dirigentes e representantes da classe negociavam com membros da administração pública.

continua após publicidade

A diretora sindical Salete da Silva afirma que os funcionários exigem o píso nacional "Nós queremos o piso nacional que o governo estipula, que é de R$871,00 em vez de os 649,74 que a prefeitura paga atualmente. Nós não queremos aumento, queremos o que é nosso por direito" - conta.


A manifestação foi pacífica. Os trabalhadores gritavam palavras de ordem e faziam barulhos com apitos. Por volta das 16 horas, os representantes do movimento sindical anunciaram que não houve acordo com o prefeito e que agora entra em discussão a paralização dos trabalhos da classe no município.


Uma assembléia ficou agendada para a próxima segunda-feira (16), as 13 horas, em local a ser definido. Será decidido se os agentes de saúde e endemias entrarão em greve ou não.