Apucarana

MP vai apurar se há fraude na licitação do transporte

Da Redação ·
MP vai apurar se há fraude na licitação do transporte
fonte: Arquivo
MP vai apurar se há fraude na licitação do transporte

O Ministério Público de Apucarana instaurou nesta semana um procedimento investigativo administrativo para apurar supostas fraudes na licitação do transporte coletivo no município.

continua após publicidade


Desde que chegou às fases para apresentação de propostas das empresas interessadas em operar o serviço pelos próximos 15 anos, a disputa tem sido marcada por embates jurídicos. No final do mês passado, uma das concorrentes, a Auto Ônibus Botucatu, precisou obter na Justiça uma liminar para continuar no certame.


Anteontem, relata o promotor de Justiça Eduardo Augusto Cabrini, a Viação São Francisco, empresa pertencente ao mesmo grupo da Viação Apucarana Ltda. (Val), levou à Promotoria de Defesa do Patrimônio Público uma notícia-crime envolvendo a Auto Ônibus Botucatu. A empresa teria encontrado irregularidades na proposta técnica apresentada pela adversária. “Recebi na terça-feira um requerimento solicitando a apuração de eventuais fraudes em documentos que foram fornecidos pelo grupo da Botucatu à Prefeitura”, comenta Cabrini.

continua após publicidade


Os documentos, referentes a atestados de experiência e bilhetagem eletrônica operada pela empresa no interior de São Paulo, serão investigados. Nos próximos dias, representantes da comissão de licitação da Prefeitura serão convocados para prestar esclarecimentos sobre o caso. Também serão chamados, através de precatória, representantes da Auto Ônibus Botucatu.

Leia a matéria completa na edição desta quinta-feira da Tribuna do Norte - Diário do Paraná.