Apucarana

Consumo de água cresce em Apucarana e região

Da Redação ·
Consumo de água cresce em cidades da região de Apucarana
fonte: Arquivo
Consumo de água cresce em cidades da região de Apucarana

Com a chegada dos dias mais quentes, o consumo de água na região tende a aumentar. Mas, segundo a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), não são apenas as mudanças climáticas que vêm elevando a demanda de abastecimento nos últimos anos. Alterações no nível dos municípios do Vale do Ivaí também têm favorecido o aumento no consumo.

continua após publicidade

É nos municípios menores que o crescimento na média diária de consumo por pessoa chama mais atenção. Enquanto em Apucarana, de 2005 a agosto de 2011 o consumo passou de 119,53 litros per capita por dia para 121,23 litros, em Faxinal, onde a população é quase oito vezes menor, este índice subiu de 107,35 litros para 120,62 litros; 13,27 litros a mais.

continua após publicidade

Em Lidianópolis, o salto no consumo por pessoa por dia também foi um dos maiores – de 120,27 litros em 2005 chegou a agosto deste ano em 129,95 litros; 9,6 litros a mais. Atrás, aparece Jandaia, cujo consumo passou de 111,74 litros para 120,84 litros no mesmo período.

continua após publicidade

No município de Ivaiporã, a média de consumo por pessoa por dia cresceu 5,19 litros nos últimos cinco anos. Neste ano, o índice é de 114,48 litros per capita, diários.

O gerente regional da Sanepar, Nelson Mardegan, avalia que estes dados refletem a influência da situação socioeconômica destas localidades. “Há cinco anos, algumas pessoas não tinham carro, hoje têm. Quem tinha apenas um em casa para lavar, agora tem dois. São fatores que entram no consumo diário de água”, diz.

continua após publicidade

Apesar disso, ele sustenta que é preciso que os recursos hídricos sejam utilizados de forma consciente. “Nós, que trabalhamos na Sanepar, sabemos que este líquido é precioso. Infelizmente, é só dentro da escassez que as pessoas fazem um uso racional”, comenta Mardegan, ao observar que a Sanepar possui uma política de tarifa de água de acordo com a média de consumo de cada imóvel.