Apucarana

Palestra em Apucarana aborda controle social

Da Redação ·

Interesse. Este é um dos requisitos apontados como indispensáveis pelo representante da Controladoria-Geral da União (CGU), Danny Andrey Secco, para a participação da população no controle social. Coordenador do Núcleo de Ações de Prevenção responsável no Paraná pelo Programa Olho Vivo no Dinheiro Público, o analista de finanças ministrou anteontem a palestra Transparência e Controle Social no auditório do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA), em Apucarana.

continua após publicidade


No evento, que antecedeu a 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social, prevista para 2012, Secco abordou os mecanismos que o cidadão comum tem para ajudar a fiscalizar as contas públicas, como a participação em grupos que discutirão propostas para a elaboração do Plano Nacional sobre o assunto. Ele sustentou que ainda existe a necessidade de tornar mais acessíveis as informações ao público. “Isso tem que ser feito de uma forma que ele possa realmente compreender”, salientou.

continua após publicidade

Mais detalhes na edição de sexta-feira (16) na Tribuna do Norte - Diário do Paraná