Apucarana

Capacitação antidrogas lota auditório da FAP

Da Redação ·

Começou nesta terça-feira (13), lotando o auditório da Faculdade de Apucarana (FAP), o Curso de Capacitação sobre Substâncias Lícitas e Ilícitas. Idealizado pela vereadora Lucimar Scarpelini (PP), o curso reúne educadores, policiais, guardas municipais e membros de outros segmentos que atuam na área de educação e de segurança. O trabalho de instrução ficou a cargo de Nelson Venâncio Júnior e Maria Cristina Venâncio, do Centro Antitóxico de Prevenção e Educação (Cape), do Departamento Estadual de Investigações Sobre Narcóticos (Denarc) de Curitiba. A capacitação, que prossegue nesta quarta-feira (14), será certificada pela FAP.

continua após publicidade

“A melhor arma na luta contra as drogas é a informação. Não adianta pensar que vamos pegar uma pistola e sair por aí prendendo todos os traficantes, pois enquanto se prende um outros vão continuar livres e atuando. Temos, sim, que agir na repressão ao tráfico, mas isso é como enxugar gelo: não termina nunca”, afirmou Maria Cristina. Para ela, indivíduos bem informados a respeito das conseqüências da droga na vida pessoal e na sociedade são a melhor forma de resistência ao tráfico.

continua após publicidade

Psicóloga, atuando há 17 anos como policial, ela e Nelson Venâncio apresentaram os vários tipos de droga, desde as mais conhecidas, como a maconha, a cocaína e o crack, classificada como “pedra da morte”, até drogas que, embora menos citadas, também estão se alastrando pelo mundo, como a “ice”, que também é conhecida como “cristal”, “cristina” e “tina”. Os dois instrutores destacaram que o objetivo do curso é preparar os participantes para saber quais os jovens que estão se utilizando de drogas, qual o tipo de droga e qual a atitude a ser tomada. Os participantes também receberam apostilas com o conteúdo do curso, que foram patrocinadas pelo Grupo Tribuna de Comunicação.

“Ficamos felizes com a resposta que o curso obteve em termos de público, reunindo pessoas não só de Apucarana, mas de vários municípios da região. Nada como pessoas capacitadas para intervir nesta situação, que hoje preocupa a sociedade como um todo”, afirma Lucimar Scarpelini. Ela conta que, como primeira-dama, vereadora e advogada, vem acompanhando há tempos o aumento do consumo de drogas entre os jovens apucaranenses. “Temos certeza de que a situação não é diferente nos demais municípios da região e esperamos que este curso, com pessoas altamente qualificadas, seja um passo importante para ajudar a enfrentar o problema”, finaliza a vereadora.