Apucarana

Oásis vai garantir recuperação de estradas e lixão

Da Redação ·

Sem nem completar dois anos de pagamentos por serviços ambientais em Apucarana, o Projeto Oásis, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo (Sematur), já está conquistando frutos que vão além da preservação de nascentes no município. Na semana passada, a iniciativa pioneira no Paraná foi contemplada em um chamamento público da Agência Nacional das Águas (ANA), sendo classificada em segundo lugar, atrás de Rio Branco (AC). O Oásis vai receber meio milhão de reais para investir em estratégias de conservação da água e do solo, dentro do Programa Produtor de Água.

continua após publicidade

Um dos idealizadores do programa de pagamento por serviços ambientais de Apucarana, o secretário Municipal de Meio Ambiente e Turismo, João Batista Beltrame, explica que os recursos obtidos serão utilizados em ações que propiciem o monitoramento de qualidade das águas pertencentes à Bacia do Ribeirão Indaía, situada na Bacia do Rio Pirapó.

“O plano de aplicação que apresentamos vai aperfeiçoar nosso programa. Ficamos satisfeitos com o reconhecimento pelo projeto técnico, sabendo que não houve nenhuma interferência política no resultado”, afirma.

continua após publicidade

Leia mais na edição desta terça-feira da Tribuna do Norte - Diário do Paraná