Apucarana

Educação Integral desenvolve talentos

Da Redação ·

Os dedinhos de Paola Pudmovcki da Silva, 8 anos, de Apucarana, deslizam naturalmente sobre as teclas do piano. Aluna do 4º ano do Ensino Fundamental, ela descobriu o seu potencial musical durante as aulas de musicalização na Escola Municipal Dr. Oswaldo Santos Lima, no Jardim Alvorada. As oficinas de música entraram na grade de conteúdo das escolas municipais com o Programa de Ensino Integral, iniciado em 2001. De lá para cá, muitos talentos foram despertados. 

continua após publicidade

As habilidades artísticas de Paola foram notáveis logo nas primeiras aulas de canto que participou. Ela chamou tanto a atenção da professora que ganhou uma bolsa integral de canto na escola musical Johan Sebastian Bach, parceira do projeto de musicalização desde 2001. Na escola de música conheceu o piano. “Fiquei encantada com o som”, revela. A menina conseguiu uma nova bolsa para aprender a tocar o instrumento. A bonificação parcial foi essencial para mantê-la matriculada, segundo a mãe, a professora Janete Pudmovcki, 40 anos.

continua após publicidade

De acordo com a mãe, todos os sábados, Paola toca teclado para o pai, o vigilante Pedro dos Santos da Silva, 44, por ao menos duas horas. O equipamento ela ganhou de presente da professora de piano. As disciplinas preferidas dela na escola são Música, Balé e Educação Física. Ela tem na ponta a língua o que quer ser quando crescer: “pianista, cantora e dançarina”. Pode parecer até ousado para uma criança de escola pública, mas talento parece não ser problema para Paola assim como para tantos outros alunos, que passam por esse processo de descobrimento musical.