Apucarana

Distorção idade-série é desafio para o NRE de Apucarana

Da Redação ·
Distorção idade-série é desafio para o NRE de Apucarana
fonte: Tribuna do Norte
Distorção idade-série é desafio para o NRE de Apucarana

A direção do Núcleo Regional de Educação (NRE), de Apucarana, esteve reunida ontem com a equipe pedagógica de Mauá da Serra para discutir o índice de distorção idade-série. O município com 39% dos estudantes fora da série adequada a idade no Ensino Médio ostenta uma das maiores taxas de distorção do Estado. Para se ter noção do problema, a média estadual é de 14,8% no Ensino Fundamental e 23,9% no Ensino Médio, segundo levantamento do Censo Escolar de 2010 divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

continua após publicidade


Escolas de Marumbi, Cruzmaltina e Faxinal enfrentam o mesmo dilema, com mais de 30% de alunos atrasados no Ensino Médio e 16% no Fundamental.


Para a chefe do NRE, de Apucarana, professora Maria Onide Balan, os principais agentes causadores da distorção estão relacionados ao trabalho e a imigração. “Os municípios predominantemente agrícolas têm os maiores índices, porque grande parte dos alunos precisam ajudar os pais na roça, principalmente durante a colheita”, afirma. “Quando voltam para a escola já perderam muito conteúdo e, consequentemente, o ano letivo”.

continua após publicidade

Leia a matéria completa na edição desta terça-feira (16) no Jornal Tribuna do Norte - Diário do Paraná.