Apucarana

Jovens são assassinados em Apucarana e Arapongas

Da Redação ·

A madrugada deste sábado (13) foi marcada pela violência em Apucarana e Arapongas. Dois jovens acabaram assassinados e outros quatro feridos a tiros e facadas.

continua após publicidade

Em Apucarana, a briga que envolveu cerca de 20 rapazes e moças terminou com um morto e dois feridos a facadas, por volta das 6 horas de ontem. O crime aconteceu na esquina da rua Cristiano Kusmaull com a avenida Governador Roberto da Silveira, na saída para Maringá.

continua após publicidade


Os jovens voltavam de lanchonetes e casas noturnas. David Rafael Bosco Zanotti, 24, morreu no local da confusão enquanto era socorrido pelo Samu. Eduardo Nekel, 18, e Bruno Fernando Berton Pinheiro ficaram feridos.
De acordo com o relato de uma jovem, que não quis ser identificada, ela e Zanotti estavam com um grupo de seis amigos e voltavam de uma lanchonete.

continua após publicidade

Pararam em um posto de combustível, a cerca de 20 metros do local da morte, onde já estava outro grupo de cerca de 10 pessoas. Nekel e Pinheiro começaram a brigar e todos se envolveram.


Alguns correram e foram perseguidos. A confusão piorou quando um terceiro, que segundo a jovem não estava envolvido, passava de carro pelo local. Cleber Adamo Rampazo, 26, morador do Núcleo João Paulo, desceu do veículo e armado com um punhal se envolveu na briga.

continua após publicidade

Ele esfaqueou os três rapazes. Revoltados, amigos de Nekel e Zanotti depredaram o carro dele. Rampazo foi preso em flagrante pela Polícia Militar, ele ficou no local do crime.

continua após publicidade

Arapongas - Marcelo Lorandi, de 21 anos, foi morto com dois tiros, por volta das 2h50 da madrugada de hoje, no pátio do Posto Borsato, na BR-369 (no setor norte de Arapongas). O irmão dele, Ricardo Lorandi, 23, acabou ferido no ombro por projetil de arma de fogo.

Os dois foram socorridos e encaminhados para a Santa Casa, mas Marcelo faleceu pouco depois.

O autor dos crimes fugiu sem ser identificado. Neste ano foram registrados 14 assassinatos em Apucarana e 13 em Arapongas. A maioria das vitimas tem menos de 25 anos.