16ª RS de Apucarana pode ser incluída em decreto estadual - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

    Apucarana

    16ª RS de Apucarana pode ser incluída em decreto estadual

    Foto por AEN/PR
    Escrito por Da Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    O secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto, afirmou em entrevista ao Jornal Tribuna do Norte, que os municípios pertencentes à 16ª Regional de Saúde de Apucarana correm o risco de serem adicionados ao decreto que determinou, nesta semana, medidas mais restritivas para 134 municípios do Estado. As novas determinações têm por objetivo ‘frear’ a propagação do coronavírus nestas cidades. O Vale do Ivaí tem registrado nos últimos dias uma aceleração no número de casos e de mortes, batendo recordes negativos dia após dia.

    O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou na última terça-feira (30) uma série de medidas mais rigorosas para conter a evolução da pandemia do novo coronavírus no Paraná. Foram incluídas as regionais de Cascavel, Cianorte, Cornélio Procópio, Região Metropolitana de Curitiba, Londrina, Foz do Iguaçu e Toledo.“Há chances da Regional de Apucarana ser incluída a curto ou médio prazo no decreto. Mas ainda não é o momento.

    Porém, mesmo que as cidades do Vale do Ivaí não tenham sido obrigadas a tomar estas medidas neste primeiro momento, o decreto indica que elas também podem aderir voluntariamente, em nome da Saúde Pública”, explicou Beto Preto.

    Segundo ele, a Secretaria Estadual da Saúde (SESA) está acompanhando de perto a evolução da doença no território do Vale do Ivaí, que tem registrado nos últimos dias uma aceleração preocupante no número de casos e de mortes. “Estamos com atenção total à Regional de Apucarana. Monitoramento constante. As chances de inclusão ao decreto dependem diretamente da diminuição do número de casos. É importante destacar que a decisão é tomada a partir de três vertentes: número de casos, número de óbitos e índice de ocupação de leitos de UTI”, afirma ele.

    As medidas, explicou Ratinho Junior, são necessárias para interromper a progressão acelerada das notificações e de mortes decorrentes da Covid-19. A inclusão das sete regionais leva em conta um cálculo epidemiológico que considera a taxa de incidência por 100 mil habitantes, o número de mortes pela mesma faixa populacional e a ocupação de leitos de UTI nas quatro macrorregionais de Saúde (Leste, Oeste, Norte e Noroeste).

    Na data, o governador informou que os municípios abrangidos pelo decreto concentram 75% dos casos de infecção registrados no Paraná. Na macrorregião Norte, onde Apucarana se encontra, foram adicionados ao decreto as regionais de Londrina e Cornélio Procópio.

    De acordo com o último boletim da SESA, o índice de ocupação dos leitos de UTI na macrorregião é atualmente de 36%, a menor do Estado.A incidência da doença na Regional de Apucarana é de 98 por 100 mil habitantes, a quarta menor do Paraná. Já a mortalidade é de 4,7 por 100 mil, abaixo da média estadual.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Como reestruturar e garantir a sobrevivência do meu negócio?

    Deixe seu comentário sobre: "16ª RS de Apucarana pode ser incluída em decreto estadual"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.