Vídeos

Guto Silva diz que PR merece mais retorno em investimentos federais

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
O deputado estadual Guto Silva, que foi o chefe da Casa Civil do Governo do Estado nos últimos três anos, vem percorrendo o interior, agora como pré-candidato ao Senado da República. Para ele, o maior desafio do Paraná, nesse contexto, é deixar de ser acanhado para fora das suas divisas, e aumentar a voz para assegurar mais investimentos federais. Para ele, historicamente, o estado recebe menos retorno do que o tanto que o Paraná produz para o país. Guto Silva esteve nesta quarta-feira em Arapongas, nesta quinta-feira (09) foi a Maringá para encontros com lideranças de vários setores da sociedade. Antes, passou por Apucarana, onde fez uma visita à Tribuna para falar de sua pré-candidatura. “Tenho conversado com representantes de vários segmentos da sociedade, desde o setor produtivo até os movimentos sociais e ongs. Isso nos permite alinhar a pauta à realidade de nossa gente”, diz. O trabalho na casa civil, garante, permitiu nesses três anos uma leitura refinada do estado, “de conhecer bem as diferentes realidades que encontramos dentro do estado”, afirma. Segundo ele, politicamente falando, o Paraná precisa deixar de ser acanhado em sua cultura de representação política fora das divisas. “Nós somos a quarta economia do país, atrás apenas de São Paulo, Rio e Minas, com populações maiores que as nossas”, lembra, destacando que, historicamente, no entanto, o estado recebe menos investimentos que outros estados que produzem menos que o Paraná.

  O deputado estadual Guto Silva, que foi o chefe da Casa Civil do Governo do Estado nos últimos três anos, vem percorrendo o interior, agora como pré-candidato ao Senado da República. Para ele, o maior desafio do Paraná, nesse contexto, é deixar de ser acanhado para fora das suas divisas, e aumentar a voz para assegurar mais investimentos federais. Para ele, historicamente, o estado recebe menos retorno do que o tanto que o Paraná produz para o país. Guto Silva esteve nesta quarta-feira em Arapongas, nesta quinta-feira (09) foi a Maringá para encontros com lideranças de vários setores da sociedade. Antes, passou por Apucarana, onde fez uma visita à Tribuna para falar de sua pré-candidatura. “Tenho conversado com representantes de vários segmentos da sociedade, desde o setor produtivo até os movimentos sociais e ongs. Isso nos permite alinhar a pauta à realidade de nossa gente”, diz. O trabalho na casa civil, garante, permitiu nesses três anos uma leitura refinada do estado, “de conhecer bem as diferentes realidades que encontramos dentro do estado”, afirma. Segundo ele, politicamente falando, o Paraná precisa deixar de ser acanhado em sua cultura de representação política fora das divisas. “Nós somos a quarta economia do país, atrás apenas de São Paulo, Rio e Minas, com populações maiores que as nossas”, lembra, destacando que, historicamente, no entanto, o estado recebe menos investimentos que outros estados que produzem menos que o Paraná. - Vídeo por: tnonline  

continua após publicidade