Pesquisas Eleitorais

Pesquisa XP/Ipespe: Lula tem 44%, e Bolsonaro, 35%

O resultado é de um cenário testado com 12 nomes

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Após um intervalo de 52 dias na realização de pesquisas contratadas pela XP Investimentos por decisão da corretora, levantamento do instituto Ipespe divulgado nesta segunda-feira, 25, aponta o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à frente no 1º turno da corrida presidencial, com 44% das intenções de voto na pesquisa estimulada —quando é apresentada uma lista de pré-candidatos. A reportagem é do portal UOL. 

continua após publicidade

O presidente Jair Bolsonaro (PL), que busca a reeleição, é o segundo, com 35%. A diferença para Lula é de nove pontos percentuais. O resultado é de um cenário testado com 12 nomes.

Essa foi a primeira pesquisa presidencial encomendada pela XP Investimentos realizada pelo Ipespe após a corretora ter sido alvo de ataques nas redes e ameaças de boicote por parte de bolsonaristas.

continua após publicidade

Houve uma mudança na metodologia. Antes a margem de erro era de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos, e agora é de 2,2 pontos. Eram realizadas mil entrevistas, e agora foram 2 mil. E o preço do levantamento dobrou —foi de R$ 42 mil para R$ 84 mil.

Ciro em terceiro, e empate dos demais

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) aparece em terceiro lugar, com 9%. Ele é seguido pela senadora Simone Tebet (MDB), com 4%; o deputado federal André Janones (Avante), com 2%; o empresário Pablo Marçal (Pros); e o cientista político Luiz Felipe D'Avila (Novo), ambos com 1%.

continua após publicidade

A sindicalista Vera Lucia (PSTU), a professora Sofia Manzano (PCB), o deputado federal Luciano Bivar (União Brasil), o ex-deputado José Maria Eymael (DC) e o técnico em mecatrônica Leonardo Péricles (UP) foram citados, mas não chegaram a 1%.

Na margem de erro, todos os pré-candidatos, com exceção de Lula, Bolsonaro e Ciro, estão tecnicamente empatados.

A pesquisa não é comparável com a última rodada, já que houve mudança nos nomes dos pré-candidatos apresentados aos entrevistados e também na metodologia do levantamento.

continua após publicidade

Nessa sondagem, o Ipespe entrou em contato por telefone com 2.000 entrevistados, de 16 anos ou mais, entre os dias 20 de 22 de julho. O nível de confiança é de 95,5%, e o custo foi de R$ 84.000. A pesquisa foi registrada no TSE sob o número BR-08220/2022.

Primeiro turno

continua após publicidade

Pesquisa estimulada

Lula (PT): 44%

Jair Bolsonaro (PL): 35%

continua após publicidade

Ciro Gomes (PDT): 9%

Simone Tebet (MDB): 4%

André Janones (Avante): 2%

continua após publicidade

Pablo Marçal (Pros): 1%

Luiz Felipe D'Avila (Novo): 1%

continua após publicidade

Vera Lucia (PSTU): 0%

Sofia Manzano (PCB): 0%

Luciano Bivar (União Brasil): 0%

continua após publicidade

José Maria Eymael (DC): 0%

Leonardo Péricles (UP): 0%

Nenhum/não iria votar/branco/nulo: 4%

continua após publicidade

Não sabe/não respondeu: 2%

Pesquisa espontânea

continua após publicidade

Na pesquisa espontânea —quando os entrevistados não recebem uma lista prévia de pré-candidatos—, Lula lidera com 40% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro tem 30%.

Ciro ficou com 4%, e Tebet e Marçal, 1% cada.

D'Avila, Janones e Manzano foram citados, mas não chegaram a 1%.

continua após publicidade

Lula (PT): 40%

Jair Bolsonaro (PL): 30%

Ciro Gomes (PDT): 4%

continua após publicidade

Simone Tebet (MDB): 1%

Pablo Marçal (Pros): 1%

continua após publicidade

Luiz Felipe D'Avila (Novo): 0%

André Janones (Avante): 0%

Sofia Manzano (PCB): 0%

continua após publicidade

Nenhum/branco/nulo: 5%

Não sabe/não respondeu: 19%

Segundo turno

continua após publicidade

A pesquisa também fez cinco simulações de segundo turno. Lula sairia vencedor nas disputas contra Bolsonaro, Ciro e Tebet. Já Bolsonaro perderia para Ciro e empataria tecnicamento, dentro da margem de erro, com Tebet.

Cenário 1

continua após publicidade

Lula (PT): 53%

Jair Bolsonaro (PL): 36%

Não sabe/não respondeu/nenhum/branco/nulo: 11%

continua após publicidade

Cenário 2

Lula (PT): 53%

Ciro Gomes (PDT): 29%

continua após publicidade

Não sabe/não respondeu/nenhum/branco/nulo: 19%

Cenário 3

Lula (PT): 55%

Simone Tebet (MDB): 23%

Não sabe/não respondeu/nenhum/branco/nulo: 22%

Cenário 4

Ciro Gomes (PDT): 46%

Jair Bolsonaro (PL): 41%

Não sabe/não respondeu/nenhum/branco/nulo: 13%

Cenário 5

Jair Bolsonaro (PL): 41%

Simone Tebet (MDB): 39%

Não sabe/não respondeu/nenhum/branco/nulo: 21%

Retorno mensal após ameaça de boicote

Em meio a críticas, a XP cancelou no mês passado a divulgação de pesquisas eleitorais semanais. Nas sondagens contratadas pela corretora à época, o presidente aparecia em desvantagem em relação a Lula.

O anúncio da mudança foi feito no dia 8 de junho e, com a decisão, o resultado do levantamento que seria divulgado dois dias depois foi retirado do site do TSE. Na ocasião, a corretora afirmou que a medida tinha como objetivo viabilizar a apresentação de um panorama mais amplo sobre as eleições deste ano.

A última pesquisa contratada pela XP, divulgada em 3 de junho, mostrou o petista com vantagem de 11 pontos percentuais à frente de Bolsonaro. O ex-presidente tinha 45% das intenções de voto, contra 34% do atual mandatário na pesquisa estimulada. Na pesquisa espontânea, Lula ficou com 39% das intenções de voto, e Bolsonaro com 29%.

Sobre o instituto

O Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas) é uma empresa de pesquisas fundada em 1986 e com sede no Recife. O instituto geralmente faz pesquisas eleitorais por telefone. Operadores ligam para eleitores selecionados conforme a distribuição de todo eleitorado brasileiro e os questionam sobre suas preferências eleitorais.

Por Caíque Alencar para o UOL.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News