2022

Ex-juíza de Londrina defende bandeira de defesa das mulheres; veja

Zilda Romero (PP) atuou por 11 anos na 6ª Vara Criminal do Fórum de Londrina, mais conhecida como Vara Maria da Penha

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Zilda Romero deixou a magistratura em 31 de janeiro de 2022
fonte: TNOnline
Zilda Romero deixou a magistratura em 31 de janeiro de 2022

Pré-candidata a deputada federal, a ex-juíza Zilda Romero (PP), de Londrina, percorreu nesta quarta-feira (27) a região de Apucarana para conversar com lideranças. Em entrevista ao TNOnline, ela afirmou que tem como principal bandeira a defesa dos direitos da mulher, crianças, adolescentes e idosos. Veja a entrevista abaixo. 

continua após publicidade

Magistrada há 33 anos, Zilda Romero atuou por 11 anos na 6ª Vara Criminal do Fórum da Comarca de Londrina, mais conhecida como Vara Maria da Penha. Por isso, ela afirma que presenciou muitos casos de violência doméstica, percebendo a necessidade de a ampliar as ações protetivas a esse público.

“A Maria da Penha é a terceira melhor lei do mundo de enfrentamento à violência contra as mulheres. Mas isso não basta, porque o Brasil ainda figura como o quinto país mais violento para as mulheres no mundo. E o lugar mais inseguro para elas é dentro do próprio lar, onde as mulheres são espancadas e mortas, muitas vezes, com requintes de crueldade”, afirmou em entrevista ao TNOnline.

continua após publicidade

Zilda Romero deixou a magistratura em 31 de janeiro de 2022 e, em abril, decidiu aceitar convite do PP para concorrer a uma cadeira na Câmara Federal.

Segundo ela, as pautas sobre o assunto exigem o apoio de toda a sociedade. “As mulheres não dão conta sozinhas. Nós precisamos dos homens juntos no combate à violência. Todos têm mães, irmãs, filhas, netas... Não podemos mais aceitar a discriminação e o preconceito contra as mulheres”, completa. Assista:    null - Vídeo por: Reprodução   

continua após publicidade




continua após publicidade


GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News