Pesquisa aponta vitória de Sérgio Onofre em Arapongas - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

ELEIÇÕES 2020

Pesquisa aponta vitória de Sérgio Onofre em Arapongas

Foto por
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Pesquisa realizada pelo Instituto Arbeit Intellingence, de Londrina, contratada pelo candidato Sérgio Onofre (PSC), aponta uma vitória com folga do atual prefeito nas eleições para a Prefeitura de Arapongas, somando 60,44% dos votos válidos. Em segundo lugar estaria Waldyr Pugliesi (MDB), seguido por Dr. Valdecir Oliveira (PRTB).

Na pergunta espontânea, aquela em que os nomes dos candidatos não são apresentados ao eleitor, Sérgio Onofre tem 39,75% dos votos, contra 7,0% de Waldyr Pugliesi , 3,0% de Dr. Valdecir Oliveira (PRTB), 2,50% de Pedro Paulo Bazana (PV), 2,0% de Angélica Enfermeira (PROS), e 1,50% de Guto Grassano (Podemos). Os indecisos somam 39,00%, enquanto brancos e nulos somam 3,75% e 1,50% responderam que não votariam para nenhum candidato. O candidato Fernando Gauchinho (PTC) não aparece neste levantamento.

Na estimulada, aquela em que os nomes dos candidatos são mostrados aos eleitores, Sérgio Onofre tem 47,75% da preferência, enquanto Waldyr Pugliesi tem 15,00%, Valdecir Oliveira 5,50%, Angélica Enfermeira 4,50%, Pedro Paulo Bazana 3,50%, Guto Grassano 2,50% e Fernando Gauchinho 0,25%. O número de indecisos é de 13,75%, enquanto brancos e nulos somam 6,00% e 1,25% responderam que não votariam em nenhum candidato.

Com esse resultado, a Arbeit projeta que Sérgio Onofre teria hoje 60,44% dos votos válidos, enquanto o segundo colocado, Waldyr Pugliesi, teria 18,99%, Dr. Valdecir 6,96%, Angélica Enfermeira 5,70%, Pedro Paulo Bazana 4,43%, Guto Grassano 3,16%, e Fernando Gauchinho 0,32%. A Arbeit projetou uma abstenção de 13% e, para brancos e nulos, 7,0%. O instituto mediu ainda a rejeição dos candidatos.

À pergunta “Se a eleição para prefeito de Arapongas fosse hoje, com esses candidatos, em quem você não votaria de jeito nenhum, mesmo se fosse candidato único, Waldyr Pugliesi ficou em primeiro, com 6,25%, seguido por Angélica, com 4,75%, Sérgio Onofre com 4,25%, Fernando Gauchinho com 1,75%, Guto Grassano com 1,25%, Pedro Paulo Bazana com 0,75% e Dr. Valdecir Oliveira, com 0,50%. Já 72,0% não rejeitaram nenhum candidato e 7,50% disseram rejeitar todos e 1,0% não souberam ou não responderam.

Ainda segundo o Instituto Arbeit Intelligence, 68,75% dos eleitores entrevistados disseram que o voto é definitivo, enquanto 28,50% disseram que ainda podem mudar durante a campanha. Neste quesito, segundo a Arbeit, o eleitor do prefeito Sérgio Onofre é também o mais fiel: 83,25% disseram que o voto é definitivo e que não pretendem mudar, enquanto 16,75% admitiram que podem mudar durante a campanha. A Arbeit também perguntou ao eleitor: independente de quem seja o seu candidato a prefeito, quem você acha que vai ganhar as eleições em Arapongas? Para 65,00%, o vitorioso vai ser Sérgio Onofre, para Waldyr Pugliesi 4,75%, para Angélica 3,00%, Guto Grassano 1,00%, Dr. Valdecir Oliveira 1,00% e Pedro Paulo Bazana 0,75%. Não souberam ou não responderam, 24,50%.

A pesquisa foi contratada por Eleição 2020 Sérgio Onofre da Silva Prefeito e realizada pela Equação Pesquisas Marketing e Consultoria Ltda/Arbeit Pesquisas, registrada no sistema de registro de pesquisas eleitorais em 05/11/2020, sendo a coleta de dados realizada no dia 10/11/2020. Foram entrevistadas 400 pessoas, sendo a margem de erro de 4.9% e o intervalo de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no TSE sob protocolo no. PR-04161/2020.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Pesquisa aponta vitória de Sérgio Onofre em Arapongas"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.