Godoy Moreira

Justiça mantém Primis de Oliveira na disputa pela prefeitura de Godoy Moreira

Da Redação ·

A Justiça Eleitoral da Comarca de São João do Ivaí julgou improcedente o pedido de impugnação da candidatura de Primis de Oliveira (PSD), em Godoy Moreira. A denúncia, feita pela coligação de oposição "Paz e Bem por uma Godoy Moreira Inovadora", não foi acatada pela juíza eleitoral Andréa de Oliveira Lima Zimath.

continua após publicidade

A justificativa para o pedido de impugnação é que o partido de Primis, o PSD, teria em sua diretoria um membro que não está filiado ao partido, mas sim ao MDB, que compõe a coligação adversária, da candidata Profª Andrea Rosa. Primis já foi eleito duas vezes prefeito de Godoy Moreira, ocupando o cargo entre 2009 e 2016.

O entendimento da juíza do caso foi de que a formação de comissão do PSD trata-se de situação interna do partido, não cabendo à Justiça Eleitoral decidir sobre a questão. Segundo a sentença, "não há elementos nos autos suficientes para presunção de má-fé".

Tags relacionadas: #Godoy Moreira #impugnação