Candidatos de Apucarana apresentam propostas para Indústria e Comércio - TNOnline
Mais lidas

    Eleições 2020

    Candidatos de Apucarana apresentam propostas para Indústria e Comércio

    Foto por da redação
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 23.10.2020, 22:00:00 Editado em 24.10.2020, 10:36:58
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Os setores de Indústria e Comércio são fundamentais para qualquer cidade. São estas áreas as principais responsáveis pela geração de riquezas e é nelas que a maioria dos empregos é criada. A cidade de Apucarana é reconhecida na região por ser um polo comercial e ter importantes indústrias, com destaque para os setores de confecção, químico e de equipamentos eletrônicos, além das agroindústrias. Por isso, as propostas dos candidatos a prefeito de Apucarana para estes setores são fundamentais.

    Para o prefeito e candidato à reeleição, Junior da Femac (PSD), o comércio de Apucarana é forte e diversificado. “A partir de agora, no novo Espaço das Feiras, vamos criar uma feira para as marcas próprias de Apucarana. Também vamos estimular os microempreendedores individuais, as facções e toda a cadeia produtiva do vestuário”, destaca. Junior da Femac diz que muitos parques industriais foram entregues no passado sem infraestrutura alguma e, agora, foram pavimentados. “Já asfaltamos o que faltava e vamos manter sem custo a coleta de resíduos das indústrias de confecções”, informa. Ele lembra que em dois anos, Apucarana conseguiu atrair investimentos estimados em R$ 200 milhões. “Vamos dar sequência nesse trabalho”, assinala.

    André Romagnoli (Republicanos) propõe fortalecer a ligação com empreendedores de Apucarana nas diversas cadeias produtivas. “Identificando os gargalos para busca de soluções em parcerias com Sebrae, Universidades, SESI, SENAI, Sindicatos, ACIA e outros”, destaca o plano de governo divulgado pelo candidato. Ainda segundo o documento, André quer ampliar o incentivo ao microempreendedor individual através de capacitações, treinamentos e apoio através da Sala de Empreendedor. Ele quer implantar o Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico, com participação vários segmentos da sociedade e instituições. Outra proposta é ampliar a infraestrutura dos parques industriais e criar novos eventos, como feiras comerciais, de agronegócios e de serviços.

    Carol Scarpelini (Podemos) destaca para o desenvolvimento da Indústria e Comércio de Apucarana a criação de eventos, feiras e outros trabalhos para atrair o consumidor. Ela propõe também criar um transporte mais ágil, com ampla circulação entre os parques e indústrias, seguindo o modelo interbairros. Carol quer diminuir custos com a segurança para as empresas e propõe ampliação da GM e sistemas de câmeras de monitoramento. Para os profissionais, ela quer incentivar a criação de cursos de capacitação e canal aberto com entidades. “Investimento no social e na qualidade de vida do município, além de ações que impactam na geração de empregos, são pontos fundamentais”, ressalta a candidata.

    Laércio Luz (PT) propõe uma gestão participativa com todos os segmentos da sociedade, entre eles o comércio e a indústria. “Um dos grandes projetos para a indústria é a Marca Apucarana, um programa para tirar, de vez, quem trabalha na informalidade no setor de confecções”, diz. Sua proposta de governo prevê parcerias com instituições como a UTFPR e Unespar. Para o comércio, o destaque do candidato é revitalizar os principais corredores comerciais de Apucarana. Laércio pontua novas áreas além do anel central, como as avenidas Aviação e Itararé, além da Rua Nova Ucrânia. “Trabalharemos com incentivos fiscais para pequenos e médios comércios e indústrias e modernizaremos os parques industriais”, explica.

    Malu Domingues (PSOL) ressalta a valorização e criação de empregos adequadamente remunerados com condições de equidade e segurança. “Assegurando a Responsabilidade Social e Ambiental das empresas”, destaca. Alguns dos pontos prioritários que constam em seu plano de governo são o incentivo ao desenvolvimento de atividades como turismo rural, informática, reciclagem, cultura e economia criativa; estímulo às cooperativas sociais, dando apoio aos micro e pequenos negócios; fomento às estratégias de economia solidária e moeda social; e o combate ao trabalho infantil.

    Rodolfo Motta (PSL) quer mais atenção para o eixo da infraestrutura e propõe obras que, segundo ele, Apucarana espera há muito tempo, como por exemplo a duplicação das três entradas da cidade e trabalho para a realização do contorno ferroviário. Ele quer incluir no novo contrato de concessão das rodovias o Contorno Leste de Apucarana. Segundo o candidato, essa atuação forte na infraestrutura vai tornar Apucarana atrativa para novos investimentos e novas oportunidades de emprego. “Isso é possível de ser feito porque temos todas as vocações naturais necessárias”, ressalta. Para Rodolfo, compras públicas feitas em Apucarana mantêm os recursos, movimenta o comércio e gera empregos novamente, criando um círculo benéfico.

    Da Redação

    Mais matérias de 2020

    Deixe seu comentário sobre: "Candidatos de Apucarana apresentam propostas para Indústria e Comércio"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.