Candidatos da região arrecadam mais de R$ 1 milhão para a campanha - TNOnline
Mais lidas

    Eleições 2020

    Candidatos da região arrecadam mais de R$ 1 milhão para a campanha

    Candidatos da região arrecadam mais de R$ 1 milhão para a campanha
    Foto por Da Redação
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 02.11.2020, 12:53:55 Editado em 02.11.2020, 12:53:56
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Os candidatos a prefeito de Apucarana e Arapongas já arrecadaram para as suas campanhas, juntos, um total de R$ 1.035.042,97. Este foi o valor declarado pelos próprios candidatos no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) criado especialmente para a divulgação de dados eleitorais para as eleições deste ano. Ainda de acordo com as declarações dos candidatos, já foram gastos R$ 810.552,90 nas campanhas deste ano. O levantamento foi feito pela Tribuna na manhã desta sexta (30).

    Apucarana

    Em Apucarana, quem mais arrecadou até a data do levantamento foi o atual prefeito Junior da Femac (PSD). Ele recebeu um total de R$ 104.999,00, proveniente em sua totalidade de doações de pessoas físicas. Ele também foi o candidato que mais gastou, com despesas declaradas que somam R$ 77.829,38, ou 74% da arrecadação. Junior, até agora, é o único que não declarou ter recebido dinheiro do partido. Rodolfo Mota (PSL) vem em segundo lugar, com R$ 92 mil. A maior parte, R$ 90 mil, é de repasse do próprio partido. Os R$ 2 mil restantes são de recursos próprios do candidato, que já gastou R$ 32.338,00, ou 35% do que tem disponível. André Romagnoli (Republicanos) aparece na sequência, com R$ 91.700,00 arrecadados. Deste total, R$ 32,7 mil (35,7%) é proveniente de doações. Outros R$ 30 mil (32,7%) são de repasses partidários e o restante, R$ 29 mil (31,6%), de recursos próprios. Ele já investiu R$ 60.578,00 na campanha, ou 66% do arrecadado.

    Arapongas

    Em Arapongas, quem mais arrecadou foi o candidato Guto Grassano (Podemos), com R$ 198.812,39 declarados ao TSE. A maior parte, R$ 158,5 mil, é proveniente de repasses do partido, o que equivale a 79,7% do total arrecadado. Recursos próprios somam R$ 37.512,39, ou 18,9%. O restante, R$ 2,8 mil (1,4%) vem de doações de eleitores. O candidato já gastou R$ 172.892,02, ou 87% do total arrecadado. Em segundo lugar aparece Angélica Ferreira (PROS), com R$ 191.590,00 arrecadados. A maior parte, R$ 183.990,00, ou 96% do total, vem dos repasses do partido. As doações de eleitores somaram R$ 7.250,00 (3,8%) e o restante, R$ 350, vem de recursos próprios. Ela já gastou R$ 82.150,00, o que equivale a 44,6% da arrecadação. Na sequência vem o prefeito e candidato à reeleição Sérgio Onofre (PSC), com R$ 178.813,50 arrecadados. Deste total, R$ 98.813,33 (55,3%) vem de doações de pessoas físicas. O restante, R$ 80.000,17 (44,7%) é repasse do partido. Onofre declarou ter contratado o equivalente a R$ 257.743,40.Os candidatos araponguenses Fernando Gauchinho (PTC) e Pedro Paulo Bazana (PV) ainda não declararam o recebimento de verbas nem os gastos efetuados até agora.

    As eleições municipais, acontecem em 15 de novembro em primeiro turno nos municípios da região.

    Da Redação

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de 2020

    Deixe seu comentário sobre: "Candidatos da região arrecadam mais de R$ 1 milhão para a campanha"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.