Apucarana

Cinco pessoas são presas em Apucarana e Cambira por boca de urna

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Cinco pessoas são presas em Apucarana e Cambira por boca de urna
fonte: Arquivo TN
Cinco pessoas são presas em Apucarana e Cambira por boca de urna

Cinco pessoas foram presas neste domingo (15) durante as eleições em Apucarana e Cambira. De acordo com a juíza eleitoral Ornela Castanho, duas pessoas foram presas em Apucarana e três pessoas em Cambira. "Todas essas prisões foram devido à boca de urna, a entrega de santinhos. As pessoas detidas não são candidatos a prefeito, nem a vereador", explica. 

continua após publicidade

Conforme a juíza, duas das três prisões foram feitas por ela e pelo promotor de Justiça Eduardo Augusto Cabrini , na manhã deste domingo, em Cambira, e outra pela Polícia Militar. Já umas das ocorrências em Apucarana, aconteceu no Colégio Estadual Tadashi Enomoto e a outra em frente ao Colégio Eleitoral José de Alencar. 

Para Ornela, as expectativas das eleições 2020 foram alcançadas e tudo correu da maneira esperada. "Em relação ao ano atípico devido à pandemia do coronavírus, as expectativas foram alcançadas, já que a maior parte das pessoas seguiram as exigências de usar máscara, manter o distanciamento social e outras medidas de segurança", acrescenta.