43 candidatos com mais de R$ 300 mil em bens receberam Auxílio Emergencial - TNOnline
Mais lidas

    Eleições 2020

    43 candidatos com mais de R$ 300 mil em bens receberam Auxílio Emergencial

    Foto por Agência Brasil
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 10.11.2020, 10:48:39 Editado em 10.11.2020, 10:48:51
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O Tribunal de Contas da União (TCU) divulgou uma lista de candidatos às eleições de 2020 que contém os candidatos que declararam patrimônio igual ou superior a R$ 300mil e que receberam alguma parcela do auxílio emergencial até julho. Na região, são 43 candidatos listados nesta situação, em 20 municípios.

    Entre os concorrentes a um cargo no Executivo estão seis nomes, sendo dois candidatos a prefeito e quatro a vice. O restante, 37, são de candidatos a vereador. Entre os candidatos a prefeito está o nome de Pedro Paulo Bazana (PV), de Arapongas. Segundo o TCU, ele declarou mais de R$ 515 mil em bens e teria solicitado o benefício de R$ 600 através do aplicativo da Caixa Econômica Federal. O benefício foi suspenso através de decisão do TCU.

    Bazana se disse surpreso por ter sido incluído na lista. “Assim que soube, entrei em contato com o meu advogado, que já solicitou um extrato detalhado na Caixa. Me causa espanto, porque nunca fiz nenhuma retirada de auxílio emergencial”, explica.

    Outro candidato a prefeito que teve o nome listado foi Gerson França (PT), de Marumbi. A reportagem tentou entrar em contato com o candidato, mas ele não atendeu as ligações.

    Em Apucarana há apenas um candidato a vereador na lista. Já Arapongas tem cinco candidatos a vereador e um a vice-prefeito, além de Bazana, sendo o município da região com mais nomes. Ariranha do Ivaí e Jandaia do Sul contam com cinco nomes cada, todos candidatos a vereador. Ivaiporã conta com dois candidatos a vereador.

    Para o TCU, os casos demonstram potenciais integrantes do rol de inclusões indevidas do benefício, uma vez que os indícios apontam renda incompatível com as regras do programa. 

    A lista disponibilizada contém o cruzamento de dados realizado pelo TCU e o cruzamento realizado pelo Ministério da Cidadania que deliberou pelo cancelamento de todos os benefícios detectados pelo TCU, sem prejuízo da possibilidade dos beneficiários contestarem nos canais adequados.

    O TCU destaca que os resultados são apenas indícios de renda incompatível com o auxílio. O Tribunal ressalta que há risco de erro de preenchimento de dados pelo candidato e também de fraudes estruturadas com dados de terceiros. 

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de 2020

    Deixe seu comentário sobre: "43 candidatos com mais de R$ 300 mil em bens receberam Auxílio Emergencial"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.