Facebook Img Logo
  1. Banner
Maria e Assis
Maria e Assis

I Encontro de Autores Apucaranenses acontece no Cine Teatro Fênix

Nesta quarta-feira (10), aconteceu no Cine Teatro Fênix o I Encontro de Autores Apucaranenses. O evento reuniu 28 autores da cidade, de diferentes faixas etárias, que expuseram suas obras e bateram papo com os participantes. Além dos autores, o evento contou com a presença do professor Bruno Augusto, que ministrou uma palestra sobre Gêneros Literários.

O evento foi idealizado pela bibliotecária Inês Roberto. “Temos muitos talentos aqui na cidade e, além de divulgar o trabalho deles, o projeto também pretende fazer um intercâmbio entre esses escritores e os jovens. Então a biblioteca quer ser uma mediadora entre autor e leitor". O objetivo principal do evento foi dar visibilidade ao trabalho dos autores de Apucarana, ademais de incentivar a leitura e a escrita por meio da palestra e do bate-papo.

Atitudes como essa são imprescindíveis no atual contexto social em que vivemos. A leitura e a escrita abrem portas à imaginação e ao pensamento crítico, por meio destas, podemos expressar fatos, ideias, pensamentos e criar eventos fictícios. Saber utilizar da língua, sempre foi fundamental, mas hoje em dia faz-se cada vez mais necessária. A literatura nos apresenta mundos distintos e inimagináveis, através dela, podemos perceber a beleza que existe no mundo, estruturando-se através das palavras.

O autor Caio Silva (@caionpoeta) foi um dos convidados que participou do encontro. Para ele "o contato com o público e com outros escritores sempre é uma experiência incrível. A troca que acontece nesses momentos é muito rica e produtiva. Não só como pessoa, que reencontra queridos amigos e conhece pessoas novas, mas também enquanto artista, que troca figurinhas com outros artistas da cidade e com o público, que nem sempre tem condições de encontrar o ser humano por trás das obras".

Silva considera muito importante a realização desse evento para o seu trabalho. "Porque a minha intenção é justamente que o meu trabalho alcance o maior número de pessoas possível. E em um evento assim, gratuito e aberto a todos os tipos de público, tenho mais uma possibilidade de dialogar com um público diverso, que não é o tipo de público dos eventos que eu costumo participar", diz o autor. 

Sobre a aceitação do seu trabalho pelo público, o autor diz que foi melhor do que imaginava. "Fiquei de longe, observando as pessoas pegando meu livro 'Caos Em Meio à Calma', conhecendo-o desde a capa, passando pelo recheio, indo até a sinopse. Infelizmente não foi possível vender nenhum exemplar, já que está esgotado há mais de um ano. Uma forma de contornar essa situação e fazer com que o meu trabalho chegue até as pessoas, foi distribuindo xerox dos meus poemas datilografados. Esse projeto, inclusive, rendeu uma exposição dentro da 37ª Semana Literária do Sesc Apucarana, em setembro deste ano".

Por Maria Luiza Siqueira

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo.
Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Maria e Assis
Maria e Assis
Maria Luiza Siqueira, tem 21 anos é estudante de Letras Espanhol. Apaixonada por música e literatura, adora conhecer pessoas e viver novas experiências por meio da cultura.

Giovane de Assis tem 27 anos, é artista independente e estudante de Letras-Português na UNESPAR. Preza por estreitar os caminhos entre artistas e público, de modo que se promova ações culturais em foco da consolidação e ampliação dos horizontes voltados para o Vale do Ivaí.
×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber