Foco na Política

Procuradoria e Secretaria da Mulher promovem “Outubro Rosa”

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Procuradoria e Secretaria da Mulher promovem “Outubro Rosa”
Procuradoria e Secretaria da Mulher promovem “Outubro Rosa”

Sob a coordenação da vereadora professora Jossuela, Procuradora da Mulher e da secretária Municipal da Mulher e Assuntos da Família, Denise Canesin, será realizada na próxima quarta-feira (20.10), às 19h30, na Câmara Municipal de Apucarana, evento alusivo à campanha mundial de conscientização sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama – o “Outubro Rosa”.

continua após publicidade

O evento, que tem como tema “Outubro Rosa e Procuradoria da Mulher – Estamos Juntas nessa Causa”, tem como objetivo principal alertar as mulheres sobre o câncer de mama, a prevenção, o diagnóstico precoce da doença, tratamento, chances de cura e a redução da mortalidade. “Estamos unidas nessa luta. Quanto mais cedo o diagnóstico, mais chances de cura. E nós, como pessoas públicas temos o dever de ajudar e alertar para a prevenção. Temos que repassar essa informação cada vez mais”, disse a vereadora e Procuradora da Mulher, professora Jossuela.

Segundo ela, a ação na Câmara de Apucarana, que terá depoimentos, momentos de música, entre outras ações, “também terá um momento especial em que pedimos a colaboração de quem comparecer ao evento, que faça a doação de um ou mais lenços para o Banco de Lenços do Hospital da Providência. Ainda, se as pessoas puderem, que venham vestidos de rosa ou branco”, pontua a vereadora.

continua após publicidade

A ação de arrecadação terá continuidade até o dia 30 de outubro, assim como as ações da Procuradoria da Mulher em alusão ao Outubro Rosa. No dia do evento, a frente, o hall de entrada e o plenário do legislativo estarão decorados com a cor alusiva à campanha: Rosa.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, o câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres, correspondendo a cerca de 25% dos casos. Dados do Ministério da Saúde apontam que 18.068 mulheres morreram da doença no Brasil em 2019, e são estimados mais de 65 mil novos casos no país em 2021.

O câncer de mama não tem uma causa única, sendo a idade um dos fatores de risco mais importantes – cerca de 80% dos casos ocorrem em mulheres com mais de 50 anos. Dentre as recomendações para reduzir o risco de desenvolver a doença estão: praticar atividade física, manter peso corporal adequado e evitar o consumo de bebidas alcoólicas. A amamentação também é considerada um fator protetor e deve ser estimulada pelo maior tempo possível.