Foco na Política

Prefeito de Jandaia do Sul passa cargo ao vice; saiba mais

Fifa vai permanecer no período de ausência de Lauro Junior, que estará naquele país de 26 de junho a 4 de julho.

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
O prefeito de Jandaia do Sul, Lauro Junior (União Brasil), passou o cargo nesta quinta-feira ao vice-prefeito Dionísio Costa Alves
fonte: Reprodução
O prefeito de Jandaia do Sul, Lauro Junior (União Brasil), passou o cargo nesta quinta-feira ao vice-prefeito Dionísio Costa Alves

O prefeito de Jandaia do Sul, Lauro Junior (União Brasil), passou o cargo nesta quinta-feira ao vice-prefeito Dionísio Costa Alves (Podemos), o Fifa. O motivo é a viagem do prefeito a Genebra, na Suíça, marcada para este final de semana. Fifa vai permanecer no período de ausência de Lauro Junior, que estará naquele país de 26 de junho a 4 de julho.

continua após publicidade

Será uma missão técnica em Genebra, da qual vão participar vários prefeitos do Paraná, inclusive outros três do Vale do Ivaí: Ylson Álvaro Cantagallo (PSD), o Gallo, de Faxinal; Emerson Toledo Pires (MDB), de Cambira, e José Roberto Furlan (Cidadania), de Jardim Alegre. Lauro Junior esclarece que todas as despesas de viagem e de hospedagem serão de sua responsabilidade pessoal e não do Município.

Prefeito de Jardim Alegre fala sobre missão técnica na Suíça

continua após publicidade

O prefeito de Jardim Alegre José Roberto Furlan (Cidadania) recebeu no seu gabinete a reportagem do TNOnline, nesta quinta-feira (23). Na oportunidade ele falou sobre o projeto de lei aprovado pelos vereadores sobre as férias do prefeito. Com a aprovação, a partir de agora o atual e futuros chefes do executivo passarão a receber o benefício. Ele também falou sobre a missão técnica na Suíça que estará presente no final deste mês.

Com relação ao projeto de lei do executivo que foi aprovado, Furlan lembra que todo o servidor  tem direito a férias.  “O legislativo, o judiciário todos tem férias. Eles têm um período de descanso, o vereador tem em média 75 dias de recesso. Eu vejo, que é bom o prefeito ter também esse benefício, dá oportunidade para o vice assumir, como em outras cidade vizinhas.  O prefeito não tem 13º, não tem FGTS, tudo que ele precisa é de um descanso”, disse Furlan que está há seis anos à frente da prefeitura e ainda não tirou nenhuma férias.

O prefeito também falou sobre a missão técnica que vai acontecer no final deste mês em Genebra, na Suíça, onde, ele e três prefeitos do Vale do Ivaí e 12 de outras cidades do estado estarão representando o Paraná. Segundo o prefeito, algumas pessoas de má fé estão utilizando essa viagem para espalhar inverdades.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News